Últimas Notícias

Bahia sofre contra a Ponte, mas vence mais uma na Fonte e volta à liderança da Série B

 



por Nuno Krause


Foi sofrido, mas o Bahia manteve os 100% de aproveitamento na Fonte Nova nesta edição da Série B. Diante da Ponte Preta, o Esquadrão passou boa parte do jogo no campo de defesa e sofreu seu primeiro gol em casa, mas brilhou a estrela de Matheus Davó, que, com dois gols, garantiu o triunfo tricolor. Com o resultado, o time volta à liderança da Série B. 

 

O Esquadrão possui agora 16 pontos, mesmo número do Cruzeiro, mas leva vantagem no saldo. A Raposa ainda entra em campo pela rodada, no próximo domingo (22), contra o Sampaio Corrêa, em casa. 

 

Contra a Ponte, o Bahia não fez sua melhor exibição na Fonte Nova. Teve um início bom, pressionando a saída de bola do adversário e abrindo o placar com Matheus Davó - o primeiro dele com a camisa tricolor.

 

Contudo, a Macaca controlou as ações a partir da segunda metade da etapa inicial, e empurrou o time mandante para o campo de defesa. O gol de empate saiu no segundo tempo, e quase fez a diferença, mas Matheus Davó foi crucial. 

 

O Esquadrão volta a campo na próxima sexta-feira (27), contra o Tombense, fora de casa, pela 9ª rodada da Série B. 

 

O JOGO 

O Bahia chegou logo no primeiro minuto de jogo. Patrick de Lucca roubou a bola e tocou para Matheus Davó, que arrancou do meio de campo e chutou forte da entrada da área, para a defesa de Caíque França. 

 

Aos 9 minutos, Davó encontrou Rildo pelo meio e o atacante mandou a bomba. A bola passou com perigo à direita do gol adversário.

 

Aos 11, Rildo cobrou falta com muito perigo e Ignácio chegou sozinho para finalizar na pequena área, mas não conseguiu dar direção à bola. 

 

Davó desencanta

 

O gol surgiu aos 14 minutos, e não poderia ser mais especial. Depois de um longo jejum, Matheus Davó balançou as redes pela primeira vez com a camisa do Tricolor. Rildo cobrou escanteio na área, o goleiro saiu mal e o camisa 88 cabeceou para o gol aberto. 

 

Aos 22, foi a vez de Rezende aparecer de cabeça. Após escanteio cobrado por Marco Antônio, o volante carimbou a trave de Caíque França. 

 

O primeiro chute da Ponte Preta só aconteceu com 25 minutos. Danilo Gomes mandou a bomba de esquerda, de fora da área, e parou na defesa de Danilo Fernandes. 

 

Aos 35, o mesmo Danilo Gomes quase marcou um golaço. O camisa 9 aproveitou cruzamento na área, ajeitou de cabeça e mandou uma bomba de esquerda, que raspou o travessão tricolor. 

 

Melhor no jogo, a Ponte quase marcou novamente aos 38. Danilo Gomes cobrou falta com força e Danilo Fernandes teve de defender em dois tempos. 

 

Segundo tempo 

 

O segundo tempo começou seguindo a receita do fim do primeiro tempo. Atrás no placar, a Ponte Preta ficou mais com a bola e empurrou o Bahia para o campo de defesa. 

 

Entretanto, foi o Bahia que chegou primeiro. Rezende roubou a bola no campo de ataque e cruzou forte para Rildo, que quase alcançou para empurrar para dentro. 

 

A Ponte respondeu aos 18, novamente com Danilo Gomes. O atacante recebeu na grande área, tentou driblar Luiz Otávio e acabou finalizando mal. 

 

O Esquadrão voltou a fazer boa jogada aos 30. Jacaré puxou contra-ataque pela esquerda e acionou Davó dentro da área. O autor do gol tentou um biquinho de esquerda, mandando para fora. 

 

Primeiro sofrido na Fonte 

 

Foi chorado, mas o Bahia sofreu o primeiro gol na Fonte Nova nesta Série B aos 30 minutos do segundo tempo. Jean Carlos recebeu em profundidade pela esquerda e cruzou na área. Fessin chutou de primeira, a bola desviou na zaga e matou qualquer chance de defesa de Danilo Fernandes. 

 

Mais um de Davó

 

Parecia que a situação ia piorar, mas brilhou novamente a estrela de Davó. Gregory encontrou bom passe em profundidade para Jacaré, que, dentro da área, cruzou para o camisa 88 mandar, de queixo, para o fundo das redes. 

 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Ponte Preta
Série B - 8ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 20/05/2022 (sexta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo e Rondinelle dos Santos Tavares (ambos de AL)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: Douglas Borel e Rezende (Bahia) / Ramon e Danilo Gomes (Ponte Preta) 
Gols: Matheus Davó (2) (Bahia) / Fessin (Ponte Preta)

 

Bahia: Danilo Fernandes; Douglas Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Patrick, Rezende e Warley (Falcão/Gregory); Rildo (Vitor Jacaré), Marco Antônio (Everton) e Matheus Davó. Técnico: Guto Ferreira.

 


Ponte Preta: Caíque França, Bernardo (Igor Formiga), Thiago Oliveira, Fabrício (DG) e Jean Carlos; Fraga, Léo Naldi e Ramon (Gabriel Venâncio); Echaporã (Fessin), Danilo Gomes (Luiz Fernando) e Matheus Anjos. Técnico: Hélio dos Anjos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem



header ads