Últimas Notícias

Julgamento da pastora evangélica Flordelis é adiado para dezembro após pedido da defesa

 

Julgamento de Flordelis é adiado para dezembro após pedido da defesa

O julgamento da ex-deputada Flordelis, que estava marcado para a próxima segunda-feira (6) foi adiado para o dia 12 de dezembro, após a defesa alegar falta de tempo para analisar laudos juntados ao processo. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (3), pela Justiça do Rio de Janeiro. A ex-deputada é acusada de participação no assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

 

Na decisão, a juíza Nearis Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, afirmou que os advogados de defesa foram orientados a comparecer ao cartório na quinta-feira (2) para obtenção da cópia dos documentos, o que não ocorreu.

 

"Mister [necessário] salientar que o conteúdo dos laudos que sequer foram elaborados, por óbvio, não foi acessado pelo representante do MP ou pela assistência da acusação, assim como deve ser consignado que os patronos das acusadas, apesar de cientificados pessoalmente por esta magistrada e orientados, a pedido desta, a comparecerem em cartório na data de ontem para obtenção das cópias correspondentes aos últimos laudos acostados ao processo em atenção a requerimento das próprias acusadas, deixaram esta serventia sem fazê-lo", disse a juíza.

 

Também foram adiados os julgamentos de Marzy Teixeira da Silva, filha de Flordelis, e de Rayane dos Santos Oliveira, neta da ex-deputada.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem



header ads