Últimas Notícias

Wenceslau Júnior repudia violência sofrida por vereador em Itamaraju



O presidente do PCdoB de Itabuna e pré-candidato a deputado federal, Wenceslau Júnior, externou seu repúdio com relação à onda de violência política que atingiu o país nos últimos dias. Recentemente, um tesoureiro do PT foi assassinado, aparentemente, por divergência política e ontem (19/07), o vereador Edson Dias (PT), conhecido como “Som de Nova Alegria”, de Itamaraju, no Extremo Sul da Bahia, denunciou ter sofrido agressão e ameaça de morte também pela mesma razão.


O vereador disse que, a intimidação ocorreu durante uma reunião com o prefeito Marcelo Angênica (PSDB), o secretário de Administração, Edson Oss, o vereador Rogério Novais e dois empresários do setor de transporte da cidade que estavam portando armas de fogo com o intuito de intimidá-lo para votar em projetos de interesse do executivo na Câmara Municipal. “Atitudes como esta, mostram a desvalorização da democracia e da vida humana", declarou, pedindo urgência na apuração dos fatos e que os agressores sejam punidos com os rigores da lei.


Para Wenceslau Júnior, tal atitude descabida é reflexo do momento político e da postura autoritária do presidente da República. "Fico muito triste como a violência que tem atingido nosso país. Inconcebível que ocorra esse tipo de abuso de autoridade e selvageria. Urge mudarmos o comando da nação para que os direitos possam ser respeitados. Precisamos derrotar esse projeto e reconstruir a democracia", pontuou, reforçando seu comprometimento no combate à violência e toda a política de ódio que se instaurou neste processo eleitoral.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads