Últimas Notícias

Série C: Vitória leva cinco gols do Figueirense e perde seu primeiro jogo sob João Burse


Série C: Vitória leva cinco gols do Figueirense e perde seu primeiro jogo sob João Burse

O Vitória perdeu seu primeiro jogo em 2022 sob o comando de João Burse. Neste domingo (28), pela segunda rodada do quadrangular final da Série C, o Leão foi derrotado pelo Figueirense, por 5 a 1.

 

Com dificuldades geradas pelo forte vento em Santa Catarina, o Rubro-Negro viu o Figueirense ser superior na maior parte do jogo. As coisas se complicaram ainda mais quando o lateral-direito Iury foi expulso, aos 30 minutos da etapa final. 

 

O resultado mantém o Leão com 3 pontos em seu grupo na segunda fase da Série C, caindo para a terceira colocação, atrás de ABC e Figueirense. Apenas os dois primeiros conquistam o acesso para a Série B. 

 

O Vitória volta a campo no próximo domingo (4), contra o ABC, no Barradão, pela terceira rodada do quadrangular final. 

 

O JOGO 

Empurrado pela torcida, o Figueirense conseguiu fazer pressão no início. Logo aos quatro minutos, Kadu recebeu cruzamento na área e subiu mais do que Alemão para cabecear a bola para fora. 

 

Alemão faz contra

E a pressão deu certo. Aos sete minutos, o cruzamento foi na cabeça de Alemão, que mandou contra a própria meta e abriu o placar para o Figueira. 

 

O segundo quase saiu aos 14 minutos. Jean Silva entrou como quis no meio da defesa do Leão, mas na hora de tirar o 10 chutou em cima da zaga adversária. 

 

A resposta veio aos 18. Eduardo cobrou falta na área, Tréllez cabeceou e, após encobrir o goleiro Wilson, a bola carimbou o travessão. 

 

Aos 20, Rodrigo Bassani chutou de fora da área e a bola passou com perigo à esquerda de Dalton. Aos 29, foi a vez de Zé Mário soltar a bomba de esquerda. Dalton espalmou com dificuldades. 

 

Figueirense amplia

Logo na sequência, Léo Arthur pegou a sobra do escanteio e acertou um lindo chute de direita. A bola ainda beliscou a trave antes de morrer lá dentro. 

 

Tréllez diminui

Mesmo jogando com o forte vento em Florianópolis contra, o Vitória conseguiu descontar. Eduardo aproveitou o fenômeno natural para descolar um cruzamento perfeito para Tréllez, que cabeceou no cantinho esquerdo, sem chances para Wilson. 

 

Segundo tempo

O Vitória usou o vento ao seu favor na etapa final para criar chances. Aos seis minutos, Eduardo cobrou falta de muito longe direto para o gol e dificultou a defesa de Wilson. Na sequência, Rafinha dominou na entrada da área e chutou colocado, à esquerda de Wilson. 

 

O Figueira respondeu aos 13, com Rodrigo Bassani. Após contra-ataque puxado pela esquerda, o camisa 10 recebeu na entrada da área e tentou colocado. Dalton estava atento para espalmar para longe do gol. 

 

O Alvinegro assustou novamente aos 25. Nandinho arrancou pela direita, deu uma meia lua em Marco Antônio, entrou na área e chutou cruzado. A bola passou muito perto da trave direita de Dalton. 

 

As coisas se complicaram ainda mais para o Leão aos 30 minutos. Em menos de um minuto, Iury conseguiu receber dois cartões amarelos e ser expulso de campo. 

 

Ainda assim, o Vitória levou perigo aos 33. Rafinha cobrou falta, a bola desviou na barreira e Wilson voou no cantinho para mandar para escanteio. Gabriel cobrou direto e a bola passou muito perto da trave. 

 

Figueira mata o jogo

 

Foi apenas um sopro de esperança, já que, aos 35, Gustavo Henrique saiu na cara de Dalton, caiu na área e o árbitro apontou o pênalti. O goleiro Wilson cobrou e marcou o terceiro do Figueirense. 

 

O quarto gol foi uma pintura de Rodrigo Bassani. Aos 42, na entrada da área, o camisa 10 deu uma bela caneta em Marco Antônio e mandou uma bomba de esquerda, no ângulo. 

 

O quinto saiu aos 46. Gustavo Henrique entrou livre na área após cruzamento e não teve dificuldades para empurrar para dentro. 

 

FICHA TÉCNICA
Figueirense 5 x 1 Vitória
Série C – 2ª fase (2ª rodada)
Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis
Data: 28/08/2022 (domingo)
Horário: 17h
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior (PR)
Assistentes: Jefferson Cleiton da Silva e Roberto Rivelino dos Santos Júnior (ambos do PR)
VAR: Adriano de Assis Miranda (SP)
Cartões amarelos: Léo Arthur e Maurício (Figueirense) / Alemão, Marco Antônio, Iury e Dalton (Vitória)
Cartão vermelho: Iury (Vitória)
Gols: Alemão (contra), Léo Arthur, Wilson e Rodrigo Bassani (Figueirense) / Tréllez (Vitória)

 


Figueirense: Wilson; Muriel, Maurício, Kadu e Zé Mário; Oberdan, Rodrigo Bassani (Jhon Cley) e Léo Artur (Moacir); Jean Silva (Nandinho), Andrew (Gustavo Henrique) e Tito (Gustavo Ramos). Técnico: Júnior Rocha.

 


Vitória: Dalton; Alemão (Iury), Alan Santos, Marco Antônio e Sanchez; Léo Gomes, Dionísio e Eduardo (Gabriel Honório); Luidy (Hitalo), Tréllez (Rodrigão) e Rafinha (Gabriel Santiago). Técnico: João Burse.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads