Últimas Notícias

Estação Cidadania São Marcos recebe ações do Outubro Rosa nos dias 19 e 27

 Foto: Valter Pontes/Secom

 

A Estação Cidadania São Marcos, situada na Avenida São Rafael, na entrada do Conjunto Colinas de Pituaçu, receberá duas atividades da programação do Outubro Rosa. As mulheres que moram na região terão a oportunidade de participar, nesta quarta-feira (19) e no próximo dia 27, sempre às 7h30, de bate-papos com temas sobre saúde e bem-estar feminino.

 

O primeiro encontro será conduzido pela nutricionista Priscila Cariele, que falará sobre a importância da alimentação, para prevenção do câncer de mama e de outros tipos da doença. “A expectativa é que as mulheres presentes saiam de lá mais conscientes e com maior autonomia para fazer melhores escolhas alimentares, o que influenciará diretamente na qualidade de vida e longevidade delas”, destaca a profissional.

 

Já o bate-papo do dia 27 será com a coach e terapeuta Luciana Correia, especialista em análise de perfil comportamental. Ela conta que o encontro será uma oportunidade para levar as mulheres a refletirem sobre a própria autoestima e a necessidade do autocuidado.

 

Utilidade pública – Muito mais do que um espaço de iniciação esportiva para crianças e adolescentes, na faixa etária de 8 a 17 anos, a Estação Cidadania de São Marcos possui hoje um projeto especial para adultos, que envolve realização de atividades como caminhada, corrida, treinamento funcional e boxe. Também há atendimentos em nutrição esportiva e terapia funcional. Atualmente, 750 alunos participam dessas ações, sendo que 86% do público é feminino.

 

Coordenador do equipamento esportivo, o educador físico Sandro Santana pontua que a Estação Cidadania São Marcos tem sido palco de diversas iniciativas de utilidade pública, que são feitas pela Prefeitura durante o ano. Ele acrescenta que os bate-papos do Outubro Rosa servirão para levar à população a mensagem de que existem diversas formas de prevenir o câncer de mama e que fazer exercícios, regularmente, é indispensável nesse processo.

 

“A prática da atividade esportiva pode reduzir em até 50% as chances de câncer, além de prover vida ativa. O cuidado com a alimentação também deve ser levado em conta, uma vez que o aparecimento da doença e comprometimento do tratamento, após diagnóstico, podem ser diretamente influenciados pelo sobrepeso. Como profissional da área da atividade física, a ideia é reforçar o quadro das nossas atividades dentro do projeto”, explica.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads