Últimas Notícias

Lula vai ao TSE contra publicação de Bolsonaro que vincula ex-presidente à facção criminosa

 

Lula vai ao TSE contra publicação de Bolsonaro que vincula ex-presidente à facção criminosa

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou com uma representação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite deste sábado (8), pedindo a remoção de uma publicação de Jair Bolsonaro (PL), na qual o atual presidente tenta associar a imagem de Lula à Marcos Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola. Ele é líder de uma facção criminosa paulista.

 

Esta é a quarta vez que a defesa de Lula aciona a corte sobre o assunto. Nas outras, o petista obteve sucesso na Justiça Eleitoral. As informações são do jornal O Globo. A campanha de Lula pede ao TSE que Bolsonaro seja multado em R$ 60 mil por descumprir uma decisão liminar do tribunal, que já havia emitido decisão sobre o tema.

 

A defesa também pede que o Twitter retire o conteúdo do ar e exige multa de mais R$ 30 mil em caso de descumprimento. "Uma vez publicado na internet, especialmente pelo perfil oficial do atual Presidente da República, o conteúdo está automaticamente lançado à velocidade exponencial de difusão", afirma a defesa do candidato do PT.

 

"Jair Messias Bolsonaro possui conhecimento que esta Corte Superior Eleitoral já escrutinou o tema em outras oportunidades e que se trata de desinformação. (...) Desta feita, mesmo após a publicação da já mencionada decisão liminar proferida nestes autos, que determinou a abstenção de Jair Bolsonaro (e outros) de publicar desinformações semelhante àquela impugnada na Inicial (que liga o PCC à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva), o representado foi ao Twitter realizar 04 (quatro) publicações que descumprem completamente a decisão desta Corte Eleitoral", acrescenta.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
PIROPO NEWS