Últimas Notícias

Ministério da Defesa fará checagem de urnas em 153 municípios


Ministério da Defesa fará checagem de urnas em 153 municípios

O Ministério da Defesa afirmou ao TCU (Tribunal de Contas da União) na sexta-feira (30) que coletará boletins de urna em 153 municípios para fazer a checagem da totalização dos votos no primeiro turno das eleições.
 

Segundo relatos de quem teve acesso ao documento, os militares informaram que a amostra não será aleatória. De acordo com os integrantes da Defesa, a definição foi feita seguindo princípios metodológicos de estatística.
 

Na resposta ao TCU, a Defesa ainda afirmou que não pretende usar os boletins de urna para fazer as contas e descobrir o resultado final da eleição. O objetivo é apenas conferir se os votos não sofrem alterações durante a transmissão dos dados para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
 

No ofício, os militares falam em conferência de dados e não em totalização.
 

A equipe do Ministério da Defesa ainda diz que se forem encontradas divergências nos números, um relatório será encaminhado ao TSE para que o próprio tribunal adote as providências para análise do caso.
 

Na avaliação de integrantes do TCU, a amostra a ser coletada pela Defesa não é suficiente para contrapor o resultado da eleição a ser anunciado pelo TSE.
 

A resposta foi bem recebida entre auditores já que, como a própria Defesa confirmou que não vai extrapolar os dados e checar, pela amostra, o resultado das eleições, este é um indício de que não haverá questionamento do resultado das urnas.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem