Últimas Notícias

Neto reúne apoiadores e aliados políticos para ajustar estratégia de campanha do 2º turno




O candidato ao governo do estado ACM Neto (União) está de volta à batalha. Em evento com apoiadores e aliados políticos, na tarde desta quinta-feira (6) no Centro de Convenções de Salvador, o postulante ao Palácio de Ondina abordou uma nova estratégia de campanha para o segundo turno e buscou motivar a militância partidária, para virar o jogo e vencer Jerônimo Rodrigues (PT).

 

“Quando a apuração encerrou e o resultado definiu a disputa em um segundo turno por cerca de 0,5%, eu, que sou uma pessoa de muita fé, parei, pensei comigo mesmo e depois conversei com Deus: meu Deus, se eu estou neste segundo turno por cerca de 0,5% dos votos dos baianos, é porque há um grande propósito nessa história”, disse Neto, para aplausos do público presente.

 

ACM Neto reconheceu ter ficado triste e frustrado com o resultado no primeiro turno, mas tentou mobilizar seus apoiadores, dando declarações de confiança em relação a uma virada no próximo dia 30 de outubro.

 

“Nesses quatro dias, de domingo para cá, nós percebemos um sentimento de tristeza e frustração nos nossos aliados políticos. Eu compreendo. Também fiquei. Gostaria de vencer a eleição no primeiro turno. Não aconteceu. Agora, a gente não pode permitir que esse resultado não desejado possa nos abater”, pediu Neto.

 

De acordo com o candidato, o PT de Jerônimo não teve limites no uso da máquina pública, manipulou parte da imprensa, influenciou outros poderes constituídos no estado e gastou muito dinheiro durante a campanha.

 

“Eles achavam que conseguiriam levar essa no primeiro turno. Mas não conseguiram. Estamos no segundo turno e vamos ganhar a eleição”, bradou o candidato.

 

Durante o evento, parte dos apoiadores de ACM Neto presentes no Centro de Convenções gritou o nome do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Entretanto, o candidato ao governo da Bahia não emitiu qualquer manifestação sobre a disputa presidencial.

 

Em outro momento, a militância gritou “eu acredito”, no ritmo que ficou marcado pela torcida do Atlético-MG em jogos de futebol.

Parte dos presentes pediu o apoio de ACM Neto a Jair Bolsonaro no 2º turno 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
PIROPO NEWS