Últimas Notícias

Míssil russo atinge Polônia e deixa dois mortos, diz EUA

 Primeiro-ministro polonês convocou uma reunião de emergência com integrantes do comitê para assuntos de segurança e defesa nacional.

Imagem: Reprodução/Twitter


(VEJA) Um funcionário de alto escalão do governo dos Estados Unidos afirmou nesta terça-feira, 15, que mísseis russos caíram na Polônia e mataram duas pessoas. O país, vizinho à Ucrânia, é membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar ocidental que tem como regra proteger todos os membros.

As explosões atingiram o vilarejo de Przewodów, no distrito de Hrubieszów e, segundo analistas, o alvo seria a cidade de Lviv, que fica próxima da fronteira dos dois países. A Moldávia também foi atingida pelos ataques, causando interrupção do fornecimento de energia, mas não há relatos de mortes.

De acordo com o porta-voz do governo no Twitter, Piotr Müller, o primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, convocou uma reunião urgente com integrantes do comitê para assuntos de segurança e defesa nacional.

O tema do encontro não foi especificado pelo funcionário do governo, mas a mídia local informou que a reunião pode estar relacionada com a explosão que atingiu o território polonês na fronteira com a Ucrânia.

Após novos reveses militares, a Rússia bombardeou cidades e instalações de energia em todo o território ucraniano nesta terça-feira, incluindo Lviv, cidade no oeste do país perto e que fica perto da Polônia.

Também por meio do Twitter, outros países europeus se manifestaram a respeito do ataque. O ministro da Defesa da Lituânia, país que também é membro da Otan, prestou solidariedade ao povo polonês e condenou o ato.

O Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos corroborou a fala de Ryder e afirmou que não pode confirmar os relatos, mas segue trabalhando para reunir mais informações.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
PIROPO NEWS