Últimas Notícias

Brasil pode ter só campeões do mundo pelo caminho do hexa no mata-mata

A Copa do Mundo realiza mata-matas de oitavas de final em diante desde 1986.


IMAGEM: © Divulgação


(Folhapress/UOL) - Com a classificação da Argentina em primeiro lugar do Grupo C na Copa do Qatar, o Brasil pode ter pela frente apenas campeões do mundo no caminho até o sonhado hexacampeonato. Se também terminar na primeira colocação do seu grupo, o G, a seleção brasileira vai ficar no mesmo lado dos argentinos na chave.

Pelo cruzamento, se confirmado o primeiro lugar de seu grupo, o que conseguiria com um simples empate com Camarões, na sexta-feira (2), o Brasil enfrenta o segundo colocado do Grupo H. Como Portugal já venceu dois jogos, tem tudo para ficar em primeiro.

A segunda vaga é disputada pelos outros três times da chave: Gana, Coreia do Sul e Uruguai. Se os uruguaios, duas vezes campeões (1930 e 1950), vencerem Gana, e a Coreia não vencer Portugal, a vaga será dos sul-americanos.Se avançar às quartas de final neste cenário, o Brasil enfrenta quem passar do confronto entre o primeiro colocado do Grupo E, de Espanha e Alemanha, e o segundo do Grupo F, de Croácia e Bélgica. Os espanhóis ganharam a Copa em 2010, enquanto os alemães são tetracampeões.

A última rodada do Grupo E será amanhã, e a Espanha é favorita a ficar no primeiro lugar. Tem quatro pontos, contra três de Japão e Costa Rica, e um da Alemanha. Se vencer o Japão, deixa o caminho livre para a Alemanha se classificar vencendo a Costa Rica.

O outro quadrante da semifinal já está definido, composto por equipes dos Grupos de A a D. A Holanda, que ficou em primeiro no grupo A, pega os Estados Unidos, enquanto a Argentina encara a Austrália. Os argentinos venceram a Copa em 1978 e 1986, foram vice em 2014, e têm a última chance de dar a Lionel Messi uma taça. Se tiverem sucesso, seriam os rivais do Brasil na semifinal (levando-se em conta se a seleção brasileira também avançar).

O outro lado da chave já tem dois ex-campeões garantidos. A Inglaterra pega Senegal e, se passar, enfrenta quem se classificar entre França e Polônia. Um eventual clássico europeu entre ingleses pode definir um dos semifinalistas. Já o outro quadrante terá as demais equipes a avançarem dos grupos que ainda serão definidos, inclusive com Espanha e Alemanha e, possivelmente, Portugal.

Mas é possível que a França, campeã mundial em 1998 e 2018, chegue com força até uma final de Copa. Com isso ela poderia completar um caminho - hipotético no momento, mas possível - de apenas seleções campeões mundiais na rota do Brasil em busca do hexa.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem