Últimas Notícias

CredSalvador concede mais de R$21 mi para microempreendedores

O programa, criado pela Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), é parte das ações emergenciais da gestão municipal para retomada econômica e enfrentamento dos impactos causados pela pandemia da Covid-19.  

Imagem: Divulgação/Site CredSalvador


 Em apenas um ano de funcionamento, o programa CredSalvador já contabiliza resultados positivos. Durante esse período, o programa concedeu mais de R$21 milhões em crédito para cerca de 7,5 mil empreendedores. O programa, criado pela Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), é parte das ações emergenciais da gestão municipal para retomada econômica e enfrentamento dos impactos causados pela pandemia da Covid-19.  

 

O principal objetivo do CredSalvador é atender ao pequeno empreendedor, oferecendo crédito em condições mais acessíveis para a qualificação e expansão do negócio. Além disso, permite a quitação de dívidas financeiras com taxas de juros de 0,5% ao mês, carência de três a seis meses e parcelamento em até 24 meses.  

 

“O CredSalvador representa possibilidades de mudança para o microempreendedor, principalmente pelo fato de que ele proporciona a expansão desse negócio, regularização de débitos, aumento da linha de autuação, dentre outras atividades, sem burocracia, através do empréstimo nas condições oferecidas”, disse o diretor de Desenvolvimento Econômico da Semdec, Franklin Gomes Filho.  

 

Até o mês de dezembro, 88,63% dos empreendedores que obtiveram crédito são liderados por negros, seguidos por mulheres, que contabilizam 53,69% dos valores aprovados pelo programa, enquanto homens somam 44,81% e não declarados somam 1,5%.  

 

No mesmo período, até dezembro, cerca de 22 mil pessoas fizeram treinamentos de capacitação em gestão financeira, ofertados pelo programa na plataforma e o vídeo sobre Finanças e Empreendedorismo recebeu 27.071 visualizações.  

 

Setores e bairros – Microempreendedores de diversos segmentos solicitaram empréstimo ao programa. A lista aparece com profissionais do ramo de cabeleireiro/manicure (15,07%); comércio varejista de vestuário (10,60%); fornecimento de alimentos (5,10%); comércio de bebidas (4,00%); comércio de mercadorias (3,63%); e restaurante similares (2,65%).  

 

Os principais bairros de Salvador onde foram solicitados o empréstimo por parte dos microempreendedores são Uruguai, Fazenda Grande do Retiro, Federação, Cajazeiras, Periperi e Cajazeiras.  

 

Motivação e expansão – Ainda para Gomes Filho, celebrar o primeiro ano do programa com resultado positivo é muito gratificante. “Concluímos essa primeira etapa do programa tendo todo o município abarcado, principalmente os bairros periféricos. Então, temos essa felicidade em saber que o CredSalvador atingiu uma camada de microempreendedores produtiva”, disse.  

 

Para 2023, o diretor reforça a expectativa sobre a ampliação do programa. “Nosso objetivo para este ano é de expandir o programa, fazer com que os interessados e beneficiários do nosso programa se sintam cada vez mais motivados a também expandir o seu negócio com a ajuda do crédito. É para isso que estamos trabalhando”, finalizou. 





SECOM Salvador

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem