Últimas Notícias

Com aumento da demanda, Hemoba apela à população para suprir estoque de sangue

Imagem: Raul Golinelli/GOVBA

 A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) está com o estoque de sangue em nível crítico, principalmente, pelo aumento da demanda nas unidades hospitalares após o período da pandemia. O estoque abastece os hospitais nos atendimentos de emergência, cirurgias eletivas (que aumentaram após a pandemia) e transfusões regulares em decorrência de alguma condição de saúde. No momento, é suficiente para apenas três dias. Em janeiro deste ano, houve 25.639 solicitações hospitalares e 22.829 no mesmo período do ano passado, um aumento de 12%.  

 Atualmente, os tipos sanguíneos O-, O+, A-, B+ e A+ apresentam baixo estoque de bolsas de sangue e necessitam de doações. Segundo dados do Ministério da Saúde, apenas 14 em cada mil brasileiros doam sangue de forma regular nos hemocentros do SUS, ou seja, apenas 1,4% têm o costume de doar sangue. O número está abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). 

 O estoque de sangue da Hemoba está abaixo do nível de segurança desejável, apesar do número de candidatos à doação permanecer estável por causa das ações de captação, como palestras informativas, realização de coletas externas, parceria com grupos e caravanas de doadores, organização e divulgação de campanhas. Neste ano, já foram realizadas campanhas para o verão, Carnaval e, agora, o Mês da Mulher. Para Rivânia Andrade, diretora de Hemoterapia da Fundação, é importante que as pessoas se sensibilizem com esta causa e participem das campanhas de doação. "O sangue é insubstituível em vários tipos de tratamento. Dependemos, exclusivamente, da boa vontade das pessoas em doar sangue, de sua solidariedade e consciência da importância deste ato”, declarou. 

Imagem: Camila Souza/GOV BA


Mês da Mulher - Com o tema “Mulheres inspiradoras”, será lançada nesta quarta-feira, dia 8, às 12h, a campanha para celebrar o Mês da Mulher, no Hemocentro Coordenador, em Salvador. Na programação, estão previstas a apresentação do bloco afro Malê Debalê, massagem, maquiagem e distribuição de brindes para as candidatas à doação de sangue. Além disso, terá as presenças do projeto social Mulheres que Incentivam de Itapoã, que vai expor produtos artesanais, e o Instituto Analice “Mulheres de Mãos Dadas”, que atende famílias em vulnerabilidade social. Os integrantes destes grupos irão doar sangue. 

Onde Doar - Na Bahia, são 27 unidades fixas de coletas da Hemoba, sendo 06 na capital e 21 no interior. Em Salvador, o Hemocentro Coordenador recebe os doadores de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h às 16h30. O Hemóvel (unidade de coleta externa de sangue) estará na Estação da Lapa até dia 09/03, de 8h às 17h; as unidades nos hospitais do Subúrbio e Ana Nery atendem de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30, e no Roberto Santos, das 8h às 12h e 13h às 17h. Já no Hospital Irmã Dulce, a coleta funciona de segunda a sexta-feira, das 7h10 às 11h30 e das 13h às 16h. Para conferir o horário de atendimento no interior do estado, acesse o site: http://hemoba.ba.gov.br/ . 

Critérios para doação de sangue - Para doar é preciso ter entre 16 e 69 anos, sendo que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal, é necessário também apresentar um documento original com foto, estar com o peso acima de 50 kg, bem de saúde, descansado e alimentado, ter evitado alimentos gordurosos algumas horas antes da doação, não fumar por pelo menos duas horas e não ingerir bebida alcoólica 12 horas antes.  



ASCOM HEMOBA

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Publicidade Março - SAJ
Campanha Verão Salvador 2023
Publicidade Março - SAJ
Campanha Verão Salvador 2023
Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS