Últimas Notícias

Empregada doméstica acusa patroa de agressão no Rio Vermelho; MPT-BA abre investigação

 

Foto: Reprodução/TV Bahia


O Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA) instaurou inquérito civil para apurar as denúncias de maus-tratos feitas por uma mulher que trabalhava como empregada doméstica numa residência do bairro do Rio Vermelho, em Salvador.


Gleide das Graças Idalan de Jesus, 53 anos, afirma que as agressões aconteceram no dia 17 de março. À Polícia Civil, a trabalhadora confirmou que teriam ocorrido agressões verbais, tentativas de humilhação, agressões com socos e até tentativa de impedir sua saída do local de trabalho.

 

O inquérito vai investigar a regularidade na relação de trabalho e as alegações de agressões e maus-tratos feitas pela empregada doméstica. O caso veio a público depois do registro de ocorrência policial na 7ª Delegacia, que está acompanhando o caso e que já teria inclusive emitido guia para a realização de exame de corpo de delito.

 

A delegacia deverá ser oficiada pelo MPT-BA para remeter cópia do inquérito a fim de permitir que o órgão avance na apuração dos aspectos trabalhistas do caso.




bahianoticias

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS