Últimas Notícias

Quarta fase da Operação Metallis apreende mais de 1,5 tonelada de fios de cobre


Foto: Ascom/Dsip Semop 


 

 Em atendimento à solicitação feita pela Diretoria de Serviços de Iluminação Pública de Salvador (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) deflagrou a 4ª fase da Operação Metallis, nesta quinta-feira (13).  A ação, realizada em cinco pontos da capital baiana, apreendeu mais de 1,5 tonelada de fios de cobre sem procedência em um galpão de armazenamento de sucatas em Pirajá.   

 

Com o objetivo de combater furtos, roubos e venda ilegal de cabos e fios de cobre, além de outros equipamentos de empresas públicas e privadas, a operação realizada com equipes das Polícias Civil, Militar e Técnica, além do Corpo de Bombeiros Militar, vistoriou 14 estabelecimentos de compra e venda de sucatas. O material apreendido foi pesado e levado para Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR). O responsável pelo espaço também foi encaminhado para prestar esclarecimentos sobre a procedência dos fios de cobre.  

 

“Por reconhecer a importância de operações integradas com a SSP, solicitamos a realização da Operação Metallis para combater o furto de cabos na nossa cidade. Identificar e punir receptores dos materiais roubados é a forma mais eficaz de mitigar atos de vandalismo em Salvador. Infelizmente, ações criminosas são recorrentes em diversos pontos da capital, o que prejudica a eficácia do serviço de iluminação pública e interfere no bem-estar da população”, ressaltou o diretor da Dsip/Semop, Ângelo Magalhães. 

 

Também participaram da ação equipes das Superintendências de Gestão Integrada da Ação Policial (Siap), de Telecomunicações (Stelecom), de Inteligência (SI), das Rondesps Central e RMS, do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), além de integrantes da Embasa, CCR Metrô Bahia, das secretarias municipais de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e de Ordem Pública (Semop), Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Guarda Civil Municipal (GCM) e das empresas de telefonia Claro, Vivo, TIM e Oi.  

 

Vandalismo – Para repor fiações furtadas da rede de iluminação pública de Salvador, a Prefeitura, por meio da Dsip/Semop, gastou em torno de R$1,5 milhão em 2022. De janeiro a junho deste ano, foram registradas 596 ocorrências de furto e vandalismo. 

 

As denúncias podem ser feitas através do Fala Salvador, no número 156. Outra opção é o WhatsApp da Guarda Civil Municipal (GCM), no (71) 99623-4955. Neste caso, as mensagens devem ser enviadas em formato escrito ou áudio de até 30 segundos acompanhado de vídeos e/ou fotos, e não são aceitas ligações. 




Ascom/Dsip Semop 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS