Últimas Notícias

Bahia não marca e toma 3 gols contra o Botafogo e segue perto do Z4

 



Em um Nilton Santos lotado, com quase 40 mil torcedores, o Botafogo venceu o Bahia pelo placar de 3 a 0, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esse foi o 19º jogo seguido sem derrota do clube carioca na temporada, que lidera a Série A com 51 pontos ganhos e apenas três derrotas em 21 jogos. 

 

Os gols da vitória botafoguense foram marcados por Diego Costa duas vezes (aos 3 minutos do 1° tempo e aos 5' do 2° tempo) e Luis Henrique, aos 30' da 2ª etapa. Com a derrota, o Tricolor estacionou nos 21 pontos e ocupa a 16ª posição, uma acima da zona de rebaixamento. Em partida disputada no mesmo horário, o Santos, que possui os mesmos 21 pontos do Bahia, mas um saldo de gol inferior, foi derrotado por 2 a 0 para o Atlético-MG, na inauguração da Arena MRV, em Belo Horizonte, o que evitou que a equipe santista ultrapasse o Esquadrão.

 

A 21ª rodada do Brasileirão se encerra na noite deste domingo. Às 18h30, começam mais cinco partidas: Athletico-PR x Fluminense, Fortaleza x Coritiba, Palmeiras x Vasco e Grêmio x Cruzeiro. No momento, além do Santos, os times que  estão atrás do Bahia na tabela são Vasco da Gama (18°, com 16 pontos), Coritiba (19°, com 14) e América-MG (20°, com 11).

 

Agora, o Esquadrão de Aço volta a campo no próximo domingo (3), às 18h30, contra o Vasco, na Arena Fonte Nova. Após enfrentar o time carioca, o próximo compromisso da equipe do técnico Renato Paiva será dez dias depois, contra o Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba, no dia 14 de setembro.

 

Neste Campeonato Brasileiro, jogando fora de casa, o Bahia registra uma campanha de 11 jogos, sete derrotas, três empates e apenas um triunfo, na 3ª rodada, contra o Vasco, em São Januário. No total, são 10 derrotas, seis empates e cinco triunfos em 21 jogos até agora.

 

1° TEMPO

 

PRIMEIRA CHEGADA E PRIMEIRO GOL

 

Logo aos 3 minutos de jogo, o zagueiro Vitor Hugo errou e entregou a bola nos pés de Eduardo. O meia botafoguense dominou e deu bom passe para Victor Sá, que rapidamente acionou Diego Costa. O experiente atacante do Fogão teve calma para invadir a área e vencer Marcos Felipe. Estava aberto o placar no Nilton Santos.

 

Após o gol marcado pelo líder do Brasileirão, o Bahia começou a criar chances de gol e mandar no jogo, mesmo na casa do adversário. Aos 7 minutos, Ademir arriscou um voleio, mas pegou mal na bola. Aos 10 minutos, foi a vez de Rafael Ratão finalizar e levar perigo ao gol de Lucas Perri.

 

GRANDE CHANCE DE ADEMIR

 

As boas chances do Bahia no 1° tempo aumentaram de intensidade quando, aos 18 minutos, Ratão avançou pelo meio e fez ótimo passe em profundidade para Ademir. O atacante tricolor ficou cara a cara com Perri, mas esbarrou no goleiro que sofreu apenas 11 gols em 21 partidas neste Brasileirão.

 

Logo depois, aos 20', Ademir passou para Cauly na intermediária do Botafogo. O camisa 8 tricolor girou e soltou uma bomba. A passou raspando a trave do Nilton Santos.

 

BOTAFOGO RESPONDE

 

Até o momento, a partida apresentava 6 finalizações para o Bahia e apenas duas do Botafogo. Aos 28 minutos, os donos da casa voltaram a aparecer no ataque com o paraguaio Matías Segovia, o Segovinha, que recebeu na grande área, passou por dois marcadores e chutou forte, no ângulo, para boa defesa de Marcos Felipe.

 

MAIS UMA CHANCE TRICOLOR

 

Com o 1 a 0 no placar, o Botafogo se sentiu mais confortável para adotar uma postura de prezar pelos contra-ataques. O líder do Campeonato Brasileiro também foi empurrado pelo volume de jogo tricolor, que seguia criando. Aos 38 minutos, foi a vez de Mingotti receber cara a cara com Lucas Perri. O centroavante do Bahia bateu forte, mas errou o alvo e a bola saiu por cima.

 

O 1° tempo no Nilton Santos terminou com o Bahia registrando mais posse de bola (60% a 40%), mais finalizações (11 a 4) e mais escanteios (3 a 2) que o Botafogo. Faltou pouco para o Esquadrão ir para o intervalo com um melhor resultado.

 

2° TEMPO

 

CAULY SAI MACHUCADO

 

Logo aos 3 minutos da 2ª etapa, o meia Cault sentiu uma pancada no joelho e pediu para deixar a partida. O grande destaque do Bahia na temporada deu lugar a Léo Cittadini, recém-contratado junto ao Athletico-PR.

 

Cittadini chegou mostrando serviço e levando perigo ao gol do Botafogo. O volante driblou dois marcadores na entrada da área e bateu forte, mas Perri espalmou para fora.

 

DE NOVO DIEGO COSTA

 

Após perder o seu jogador com maior potencial técnico, o Bahia sofreu o gol logo em seguida. O goleiro Marcos Felipe errou na saída de bola e Gabriel Pires arrancou pelo lado esquerdo até cruzar para Diego Costa cabecear livre. O arqueiro tricolor até chegou a tocar na bola, mas não impediu o 2 a 0 no Nilton Santos.

 

Após o segundo gol do alvinegro, o Bahia passou um bom tempo sem criar as chances de perigo que havia criado, por exemplo, na 1ª etapa.

 

Dois gols atrás do marcador, o time de Renato Paiva começou a ser dominado pelo Botafogo, que perdeu a chance de fazer o terceiro aos 23 minutos. Gabriel Pires passou para Eduardo na grande área e meia tocou para Janderson, que entrou no lugar de Diego Costa, e finalizou na saída de Marcos Felipe. O atacante tirou tanto do goleiro que a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo.

 

LUIS HENRIQUE FAZ O TERCEIRO

 

Foi em um excelente contra-ataque puxado pelo lateral-esquerdo Hugo, do Botafogo, que começou a jogada do terceiro gol do Botafogo. O lateral alvinegro encontrou lindo passe para Luis Henrique invadir a área, driblar Marcos Felipe e definir a vitória do líder do Campeonato Brasileiro.

 

BIEL RETORNA APÓS QUASE TRÊS MESES

 

Voltando ao time do Bahia após quase três meses afastado por lesão, Biel entrou aos 17 minutos da 2ª etapa no lugar de Rafael Ratão. Vestindo a camisa 10, o atacante tabelou com Everaldo e arriscou um voleio, aos 33 minutos, que saiu para fora. Essa foi uma das poucas chances de perigo do Esquadrão na 2ª etapa.

 

Com a grande vantagem conquistada, o jogo no Nilton Santos caminhou para o final com a vitória do Botafogo controlada. O alvinegro carioca vinha de três derrotas nas últimas três partidas contra o Bahia. No fim, a última chance de gol da partida ainda foi do líder do Brasileirão: Hernández recebeu na entrada da área, limpou e chutou para a defesa de Marcos Felipe. 

 

FICHA TÉCNICA

 

Botafogo 3x0 Bahia
Campeonato Brasileiro - 21ª rodada
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data: 27/08/2023 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos: Diego Costa, Mingotti, Cauly, Janderson, Yago Felipe
Gols: Diego Costa aos 3' do 1° tempo e aos 5' do 2° tempo. Luis Henrique aos 30' do 2° tempo.

 

Botafogo: Lucas Perri, JP Galvão (Mateo Ponte), Adryelson, Cuesta e Hugo; Marlon Freitas, Gabriel Pires (Danilo Barbosa e Eduardo; Victor Sá (Luis Henrique), Segovia (Diego Hernández) e Diego Costa (Janderson). Técnico: Bruno Lage.

 

Bahia

: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Cándido; Rezende, Thaciano (Yago Felipe) e Cauly (Léo Cittadini); Ademir (Everaldo), Ratão (Biel) e Mingotti (Vitor Jacaré). Técnico: Renato Paiva.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS