Últimas Notícias

SALVADOR: Palco Aberto apresenta produção das Escolas Criativas Boca de Brasa ao público


 Fotos: Patrícia Almeida/Divulgação 

 

A partir desta quarta-feira (30) até o próximo sábado (2), as Escolas Criativas Boca de Brasa dos pólos Centro, Cidade Baixa, Subúrbio e Valéria vão apresentar os resultados das oficinas e trilhas formativas em linguagens artísticas (como teatro, dança, música, poesia e audiovisual), técnicas do espetáculo (cenografia, iluminação e sonorização) e gestão de espaços culturais, com formações em produção cultural. As apresentações fazem parte do Palco Aberto e marcam a quarta e última edição do projeto, realizado pela Fundação Gregório de Mattos (FGM) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec). 

 

No total, os quatro Polos Criativos trazem uma programação diversa e representativa das produções locais com cerca de 40 apresentações multilinguagens (artísticas e culturais), com espetáculos, exibição de documentários e outros produtos audiovisuais, batalhas de MC e performances musicais e de drag queens. Também haverá salas artísticas interativas, relatos de experiências e a certificação dos artistas e técnicos da cena em formação, que ocorrerão em espaços culturais vinculados às quatros Escolas Criativas Boca de Brasa. Em todos os espaços a entrada é franca. 

 

A curadoria da programação de cada edição do Palco Aberto é de responsabilidade da Organização da Sociedade Civil que desenvolve, em parceria com a FGM, a gestão de cada Escola Criativa. No Polo Centro, a gestão é da Associação Sociocultural Nubas; no Polo Cidade Baixa, é a Associação Conexões Criativas; o Polo Subúrbio é gerenciado pela Pontos Diversos – Associação para Promoção da Diversidade Sociocultural e Ambiental); e Polo Valéria tem a gestão do Instituto Ceafro (Iceafro). 

 

Centro – Abrindo a série na quarta-feira (30), a Escola Criativa Polo Centro traz uma programação em que os resultados artísticos reverberam as provocações realizadas nas trilhas formativas em artes e cultura - os Laboratórios de DOC, Preparação de Atores e de Poéticas se relacionam às ações formativas em áreas técnicas do espetáculo (Iluminação e Sonorização). A mostra artística ocorre no Teatro Gregório de Mattos (TGM) e inicia às 18h30 com a exibição de três curtas-doc orientados pela cineasta Ceci Alves.  

 

Em paralelo, serão realizados o sarau poético performático "Pedras para Exu”, provocado pelo poeta e performer Alex Simões, e a apresentação da célula teatral "Era só uma feijoada”, resultado do Laboratório de Preparação de Atores, conduzido pela atriz e diretora teatral Merry Batista. A noite se encerra com a cerimônia de certificação. 

 

Subúrbio – E que tal uma viagem pelo Subúrbio? A Escola Criativa Boca de Brasa deste polo traz uma programação na quinta-feira (31), no Subúrbio 360, em Coutos, a partir das 18h30, que evidencia a beleza e a diversidade dos artistas que compõem esse grande território soteropolitano, nas áreas de Audiovisual, Dança, Teatro, Performance, Música - Arrocha, Pagode, Afro e Hip Hop e artes visuais. Entre as apresentações estão os espetáculos de teatro "Que viagem é essa"; de dança, com performances do "Samba de Roda Zeferinas"; do Grupo de Dança Uzarte, teatro na comunidade e muito mais. 

 

Cidade Baixa – A programação da Escola Criativa Boca de Brasa – Polo Criativo Cidade Baixa ocorre na sexta-feira (1º), a partir das 18h30, no Centro Cultural Sesi Casa Branca (Sesi Itapagipe). Ao todo, serão apresentados 15 trabalhos de participantes do projeto de formação, que irão ocupar o palco da Sala Letieres Leite até a varanda do Sesi, dividindo espaço com as cerimônias de certificação. Apresentam-se os cantores DICERQUEIRA, Ibsen Santos, Kael García e Salutari, além de Mercedes do Pandeiro, que evidencia a cultura popular com os ritmos do coco de trupé, embolada e roda. 

 

A poesia, a performance e o teatro se misturam numa programação com temáticas sociais potentes a realidade dos participantes: o artista Navalha encena “Todas as mentiras que você conseguir ouvir”; Débora Azevedo, com “Recortes”, e Deiseane Oliveira Lopes, com “Ei, vai pra onde?”. Para completar, estarão ainda montadas duas exposições de artes visuais: Jailson Dias e a Dendê CBX apresentam “Terra, Céu e Arte: Orixás Reimaginados na Reciclagem” e Adriana da Paz expõe a escultura em gesso “LILI”, que representa a força feminina e sua ligação com os mares. 

 

Valéria – No sábado (2), o Teatro Boca de Brasa - CEU de Valéria irá sediar a programação da Escola Criativa Boca de Brasa do bairro, com performances poéticas e produções gastronômicas. O público vai conferir muita música com o hip hop de DFive e suas composições autorais, Sérgio Login e sua banda de pagode Groove de Rua, e a cantora e compositora valeriana Maíra Ísis.  

 

As apresentações de dança acontecem com os coletivos Vênus Imperials e Omendes – este último grupo tem refinado o pagode “quebradeira” da favela. Também haverá a performance cênica musical "A coisa vai ficar Preta", da Cia de Teatro Já é, a participação especial dos artistas e professores da Escola, como a atriz e coordenadora artística Valdinéia Soriano, os atores Leno Sacramento e Heraldo de Deus. 

 

Prêmio Eu sou Boca de Brasa – A próxima etapa dos Polos Criativos Boca de Brasa é o processo seletivo para Bolsa-estímulo a Propostas Artísticas e Culturais. As inscrições, que vão até 31 de agosto, vão selecionar dez iniciativas de participantes das Escolas Criativas, que serão contempladas com o valor de R$10 mil e 16h de mentoria para aperfeiçoamento das propostas apresentadas. 

 

Funcionamento – Os Polos Criativos Boca de Brasa foram criados a partir de edital desenvolvido pela Prefeitura de Salvador, por meio da FGM em parceria com a Semdec, voltado a Organizações da Sociedade Civil (OSCs). Foram selecionadas cinco propostas, que contemplam toda a extensão das regiões administradas pelas Prefeituras-Bairro de Cajazeiras, Centro-Brotas, Cidade Baixa, Subúrbio-Ilhas e Valéria. Os projetos desenvolveram ações formativas no âmbito das Escolas Criativas Boca de Brasa, que promovem, até dezembro deste ano, a seleção, formação, certificação e difusão de iniciativas culturais e criativas nos seus respectivos territórios. 

 


Secom

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS