Últimas Notícias

Jovem de 23 anos morre afogado em praia de Salvador

arquivo pessoas / ibahia


Um jovem de 23 anos morreu afogado na praia de Piatã, localizada no bairro que leva o mesmo nome, em Salvador. Segundo informações da Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar), o corpo de Patrício de Sousa Santos desapareceu no sábado (2) e só foi encontrado na manhã desta segunda-feira (4), na região de Jaguaribe.

Um ciclista que circulava pela região avistou a vítima, próximo a um rio. Foi ele que acionou o órgão de salvamento.

O acidente aconteceu no final de semana. Patrício saiu de casa acompanhado de dois primos para tomar banho de mar em Piatã. Os primos tentaram ajudar Patrício, mas não conseguiram salvá-lo, pois o mar estava agitado. Ainda de acordo com a família, o jovem não sabia nadar.

Em entrevista à TV Bahia, a família do jovem acusou a Salvamar de negligência durante o socorro. Segundo eles, o amigo e primo de Patrício pediram ajuda no posto da instituição, que fica a poucos metros do local onde o jovem se afogou, por volta das 13h30. Mas o salva-vidas que estava de plantão não teria dado socorro.

"Meu amigo e meu primo vieram e falaram que ele estava com eles e do nada, se distanciou deles e sumiu. Eles acharam que ele tinha saído da água", relatou o primo do jovem, Wilson de Souza.

"Fomos no salva-vidas, atrás do socorro e ele relatou que (o primo) seria um nadador e que não era afogamento. A gente disse que não, que ele sumiu e começamos correr atrás, no desespero", afirmou.

Ainda de acordo com o primo do jovem, se passaram cerca de quatro horas, até que o Corpo de Bombeiros foi acionado e iniciou o trabalho de busca. Os familiares dizem ainda que apesar do começo dos trabalhos dos bombeiros, somente às 9h de domingo (3), que os agentes da Salvamar entraram na água.

O coordenador da entidade, Kailani Dantas, negou a omissão de socorro e disse que os salva-vidas não puderam começar as buscas por causa do mar revolto. "O mar se encontrava de uma maneira muito complicada. Nós tínhamos uma forte ondulação, impedindo que a gente pudesse entrar com uma embarcação e fazer uma visualização por dentro do mar", disse Kailani Dantas.

Apenas no sábado, segundo o órgão municipal, 20 pessoas resgatadas nas praias de Salvador. "Minha irmã está desolada em casa. O menino estava aqui e eu não aguento nem olhar para a casa de minha irmã", a tia de Patrício, Jucilene de Souza. Patrício de Sousa dos Santos morava no bairro Jardim Nova Esperança e trabalhava como ajudante de pedreiro.

via: ibahia.com

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
REGIONAIS BAHIA 2023.2
REGIONAIS BAHIA 2023.2
Campanha Salvador Capital Afro
Campanha Salvador Capital Afro
Publicidade Setembro - Câmara SAJ
Publicidade Setembro - Câmara SAJ
Publicidade Agosto - SAJ
Publicidade Agosto - SAJ
Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS