Últimas Notícias

Do carro elétrico ao parque eólico, Bahia desponta no cenário internacional e mostra fôlego em momento de franco desenvolvimento



Nesta segunda-feira, 9 de outubro, a Bahia protagoniza mais um feito que demonstra o momento positivo pelo qual está passando no que se refere à aceleração do crescimento econômico e social do estado. A gigante chinesa da indústria automobilística, a BYD, lança a pedra fundamental do complexo fabril que vai produzir, em solo baiano, veículos de passeio elétricos e híbridos, caminhões elétricos, chassis de ônibus, além de processar lítio e ferro fosfato. 


O fato histórico para o estado se junta ao cenário de recordes recentes de investimentos próprios e privados que promovem crescimento também em outros setores e se refletem em avanços econômicos e de geração de empego. Somente por parte da BYD, o investimento na implantação das fábricas em Camaçari será de R$ 3 bilhões. A empresa estima a geração de cerca de 5 mil empregos diretos e indiretos e já anunciou também que promoverá treinamento e capacitação de mão de obra especializada, com prioridade para profissionais locais.


Antes de participar do evento que marca oficialmente o início da instalação das novas fábricas, o governador Jerônimo Rodrigues visitou o local, neste domingo (8), acompanhado de uma comitiva de secretários e dirigentes do Governo do Estado e de representantes da empresa. Além dele, a cerimônia da pedra fundamental terá a presença do fundador e CEO Global da BYD, Wang Chuanfu, e da CEO BYD Américas, Stella Li. O vice-presidente, Geraldo Alckmin e ministros do Governo Federal também estarão presentes. 


A força baiana de atração de investimentos tem na BYD o seu exemplo mais recente, mas já demonstra desempenho positivo há mais tempo. Somente este ano, de janeiro a setembro, foram 49 novos empreendimentos implantados na Bahia, marcando R$ 3,96 bilhões em investimentos e geração de mais de 5 mil empregos. Nos próximos anos, a projeção é de que sejam criados 34,5 mil postos de trabalho, a partir de 380 empreendimentos, que foram ou estão sendo instalados ou ampliados no estado, com aporte de R$ 127 bilhões para o incremento da economia baiana.


Os setores de geração de energias renováveis, eólica e solar, se destacam entre os que mais crescem no estado. O Complexo Eólico de Tucano, localizado nos municípios de Tucano, Biritinga e Araci, é o mais novo desse setor a se instalar em solo baiano. Inaugurado no dia 3 de outubro, será operado 100% por mulheres, com investimento de R$ 1,5 bilhão. Este e outros empreendimentos, unidos ao crescimento do setor de serviços, colocam a Bahia como o sexto estado brasileiro com melhor saldo na geração de empregos este ano.


*Liderança nacional*


Quando se trata de investimentos, com recursos próprios, em áreas de impacto direto na vida de baianos e baianas, os números também destacam a Bahia nacionalmente. O estado é líder no país em investimentos como proporção das receitas. O total investido até a primeira quinzena de setembro somou R$ 5,85 bilhões. As áreas sociais foram, com larga vantagem, as mais contempladas com estes recursos: foram R$ 2,68 bilhões desembolsados pelas secretarias de Educação, Saúde e Segurança, e no setor de infraestrutura foram R$ 2,65 bilhões aplicados em obras e ações das secretarias de Infraestrutura, Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura Hídrica. 


De acordo com informações da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), vinculada ao Ministério da Fazenda, ao destinar 14% de sua receita total para os investimentos até o mês de junho, o governo baiano teve a melhor performance entre os estados no período.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
BYD 1023
BYD 1023
Campanha Salvador Capital Afro
Campanha Salvador Capital Afro
Publicidade Outubro - Jaguaripe
Publicidade Novembro - SAJ
Publicidade Novembro - SAJ
Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS