Últimas Notícias

Prefeitura de Salvador autoriza reformas da Senzala do Barro Preto e da Escola Mãe Hilda no Curuzu

Fotos: Betto Jr./ Secom


A Senzala do Barro Preto, no Curuzu, passará por uma ampla reforma promovida pela Prefeitura de Salvador. O prefeito Bruno Reis autorizou a abertura da licitação para as obras no local, que é sede de uma das principais entidades afro do país, o Ilê Aiyê, durante lançamento da programação do Carnaval 2024 nesta terça-feira (23). A intervenção envolve melhorias estruturais e climatização. Além disso, a Escola Mãe Hilda, que funciona no mesmo espaço, também será recuperada.

Bruno Reis destacou a parceria com o Ilê Aiyê, que completa cinco décadas de existência este ano, como reconhecimento à atuação do bloco para cultura e educação da cidade.  

“Trata-se de uma parceria permanente, e não apenas um apoio para o momento de Carnaval. Dentre os trabalhos sociais que o Ilê realiza, aqui funciona uma escola que oferece educação infantil. Como a estrutura precisa retomar as aulas após a festa, nós assinamos a ordem de serviço para recuperação total dessa unidade. Também estamos autorizando o lançamento da licitação que vai promover a climatização e tratamento acústico de toda Senzala”, anunciou o prefeito.

A sede do Ilê Aiyê tem oito andares e conta com laboratórios de informática, salas de aula, salas de pintura, cozinha industrial, entre outros espaços. Bruno Reis acrescentou que a Prefeitura também vai ampliar as atividades desenvolvidas na estrutura. Através da Fundação Cidade Mãe, a sede o Ilê vai passar a atender crianças no contraturno escolar com oficinas de arte, música, dança e teatro.

“Além disso, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), diversos cursos de qualificação de mão de obra serão oferecidos para explorar ainda mais a nossa potencialidade e criatividade que só o baiano tem”, acrescentou o prefeito.

Presidente do Ilê Aiyê, Vovô Ilê acredita que os investimentos municipais chegam para fortalecer ainda mais as atividades desenvolvidas para a população da capital baiana. “Salvador é uma cidade negra. Por isso, é importante que haja investimentos em organizações negras também, pois damos uma contribuição muito forte para a cidade. Somos muito mais que um bloco carnavalesco, mas uma associação que cuida de gente”, frisou.

Para o secretário de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, a qualificação da sede do Ilê Aiyê visa potencializar o espaço cultural para além de períodos festivos. Desse modo, a ideia é tornar a Senzala do Barro Preto um “grande centro de convenções negro no coração de Salvador”.  “A relação com blocos afros tem que ser sustentável, potente o ano inteiro, não só no palco, mas no dia a dia da comunidade e nos trabalhos sociais”, avaliou.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS