Últimas Notícias

É TÃO BOM. É SALVADOR
É TÃO BOM. É SALVADOR

Wenceslau Guimarães: Nova parceria com o SENAR promove formação de empreendedoras rurais no Programa “Mulheres em Campo”





“O programa trabalha o empreendedorismo pessoal e coletivo, a autoconfiança, o autoconhecimento, além de trabalhar com toda da gestão do empreendimento para poder trazer resultados de excelência nas suas empresas rurais”, ressaltou Alessandra Torres Dias, instrutora do SENAR.


O município de Wenceslau Guimarães deu mais um passo importante na formação de mulheres empreendedoras do campo. Desta vez, a nova parceria da Secretaria Municipal da Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, com o SENAR/Gandu, vai proporcionar a formação de mulheres que atuam em atividades agrícolas familiares.


O Programa “Mulheres em Campo” é oferecido no formato presencial, dividido em cinco módulos, uma vez por semana, com carga horária total de 40 horas.


Alessandra Torres Dias, instrutora do SENAR, explicou que o Programa "Mulheres em Campo" trabalha a parte do empreendedorismo feminino, fazendo com que as mulheres consigam visualizar as competências que elas têm para os seus empreendimentos. “O programa trabalha a questão do empreendedorismo pessoal e coletivo, a questão também da autoconfiança, do autoconhecimento, além de trabalhar com toda da gestão do empreendimento para poder trazer resultados de excelência nas suas empresas rurais”, ressaltou Alessandra.


O secretário municipal da Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Eliosmar Fontes, comemorou mais uma parceria do município com o SENAR. “É um programa que vai atender 30 mulheres do nosso município, vinculadas às associações rurais. Mulheres que estão empreendendo no campo. Elas participarão de cinco encontros de capacitação visando empreender no campo, buscando o desenvolvimento da família rural, buscando o desenvolvimento econômico e sobretudo, a unidade familiar no campo com felicidade, com dinheiro no bolso”, afirmou Eliosmar.


A aluna Maiane Lima de Oliveira, da comunidade Quilombola de Sarilândia, falou de sua expectativa com a nova formação. “Minha expectativa é que eu saia daqui com mais aprendizado, mais formação de qualidade para meu trabalho no campo, me especializar para levar conhecimento para outras pessoas. Essa é a minha expectativa”, disse.


Participam do programa 40 mulheres que já trabalham com empreendimentos no campo e que já participaram de outras formações oferecidas pela prefeitura. Elas aprenderão sobre gestão financeira, elaboração de planos de negócio, empreendedorismo, legislação e liderança. No final do curso haverá uma Feira da Agricultura Familiar e Solidária, onde essas mulheres poderão expor os seus produtos e demonstrar, na prática, todo o conhecimento adquirido nos módulos do Programa Mulheres em Campo.



Fonte: Ascom PMWG | Imagens: Marcelo Dutra

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Campanha Salvador Capital Afro
Campanha Salvador Capital Afro
Jaguaripe
Jaguaripe
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS