segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Placa Mercosul será obrigatória a partir de 31 de janeiro

A placa Mercosul se torna obrigatória em todo o país no fim de janeiro

A partir do dia 31 deste mês, o uso da placa Mercosul passa a ser obrigatório em todo o país, mas não para todos os veículos.
O prazo foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), no dia 28 de julho de 2019. O sistema, que deveria ter entrado em operação em janeiro de 2016, teve seis adiamentos.
O novo prazo foi determinado para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem credenciar as fabricantes das placas.
Dos 26 estados brasileiros, apenas 10 já haviam aderido à nova Placa de Identificação Veicular (PIV). São eles: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Quem precisa emplacar

A placa Mercosul passa a ser obrigatória para veículos novos, no primeiro emplacamento. Além disso, também é obrigatória para os veículos transferidos de município ou de estado ou, ainda, em caso de furto ou dano extenso à placa, que dificulte a leitura.
A placa Mercosul é parecida com o sistema adotado na Europa. O padrão já está em vigor no Uruguai e na Argentina. Em breve também será implantado no Paraguai e na Venezuela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário