sábado, 15 de fevereiro de 2020

'Brasília, 12+1 de fevereiro', diz Bolsonaro para evitar o 13 do PT

'Brasília, 12+1 de fevereiro', diz Bolsonaro para evitar o 13 do PT
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Em sua tradicional live para as redes sociais nesta quinta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) inovou na abertura para evitar dizer o número 13, que identifica o partido dos Trabalhadores (PT):"Brasília, 12 + 1 de fevereiro, 19h", disse o presidente. 

O presidente aproveitou o espaço para comentar a polêmica envolvendo o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ).

Na quarta-feira (12/2), em audiência na Câmara dos Deputados sobre a PEC da prisão em segunda instância, o deputado chamou Moro de “capanga de milícia” ao que o ministro respondeu: “O senhor não tem fatos, não tem argumentos, só tem ofensas. O senhor é um desqualificado para o exercício desse cargo”, disse.

BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário