segunda-feira, 30 de março de 2020

Rui Costa cobra recursos federais e se diz 'envergonhado' com Bolsonaro


Rui Costa cobra recursos federais e se diz 'envergonhado' com Bolsonaro
Foto: Reprodução / YouTube
O governador Rui Costa (PT) voltou a cobrar o repasse de verbas federais para a Bahia a fim de combater o coronavírus no estado.

De acordo com Rui, a Bahia recebeu até o momento R$ 32 milhões, o equivalente a cerca de R$ 2 por habitante, e nesta semana deve receber um novo montante. Para o governador, o valor ainda é insuficiente para enfrentar a doença.

“Isso evidente é absolutamente insuficiente para responder a esse momento de crise. Os estados estão com muita dificuldade de adquirir insumos e medicamentos para leitos extras de UTIs, principalmente respiradores. Temos conseguido cotações de empresas chinesas, mas com prazo muito elástico para entrega. A situação está muito crítica. O governo federal anunciou que centralizou as compras a nível federal, mas esses equipamentos, especialmente respiradores, não chegaram nos estados até ontem”, disse Rui, em entrevista à Revista Fórum nesta segunda-feira (30).

“Não dá para entender essa estratégia do Ministério [da Saúde]. A centralização faz algum sentido se fosse para adquirir mais barato e fazer entrega a todos os estados, evitando o leilão que o fabricante pudesse fazer com cada estado. Mas centralizar as compras e reter isso no estoque do governo federal, não dá pra entender. Ou eles não conseguiram comprar ou não estão conseguindo distribuir”, acrescentou.

Questionado sobre a postura de Jair Bolsonaro diante da crise provocada pela Covid-19, o governador se disse envergonhado, citando o passeio dado pelo presidente por Brasília, neste domingo.

“Como cidadão, pai de família, eu diria que cada brasileiro se sente indignado, revoltado, com a postura do presidente. [...] É com responsabilidade que vamos superar essa crise. Não é com comportamentos condenáveis como o de ontem. É um péssimo exemplo no mundo inteiro, isso nos envergonha
BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário