quarta-feira, 27 de maio de 2020

Alvo de inquérito, bolsonarista Sara Winter chama Alexandre de Moraes de 'covarde'


Alvo de inquérito, bolsonarista Sara Winter chama Alexandre de Moraes de 'covarde'
A bolsonarista Sara Winter, uma das organizadoras do movimento "300 do Brasil" e alvo da Polícia Federal no inquérito do STF sobre fake news, se manifestou através do Twitter sobre a investigação. Ela publicou uma cópia do mandado de busca e apreensão e chamou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, de "covarde".

"A Polícia Federal acaba de sair da minha casa. Bateram aqui às 6h da manhã a mando do Alexandre de Moraes. Levaram meu celular e notebook. Estou praticamente incomunicável! Moraes, seu covarde, você não vai me calar!!", escreveu. 

Sara publicou cópia do mandado | Foto: Reprodução / Sara Winter

WINTER BRINCOU COM SITUAÇÃO DE WITZEL
Participante da rede de apoiadores ao presidente da República Jair Bolsonaro, Winter chegou a satirizar na última terça-feira (26) o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que é investigado por desvio de recursos direcionados ao tratamento da pandemia de coronavírus.

"Fiquei sabendo que a Polícia Federal fez uma operação na residência do Witzel. Alguém saberia me informar como se carrega estrume em viatura?", escreveu.

A expressão "estrume" ganhou força após Bolsonaro se referir a Witzel desta maneira na reunião ministerial do dia 22 de abril, publicizada após Sérgio Moro fazer acusações de interferência política na Polícia Federal.

Foto: Reprodução / Twitter
bn

Nenhum comentário:

Postar um comentário