quinta-feira, 7 de maio de 2020

Amargosa: Prefeito pede prisão de homem que descumpriu isolamento social

Amargosa: Prefeito pede prisão de homem que descumpriu isolamento social
A prefeitura de Amargosa, no território de identidade do Vale do Jiquiriçá, confirmou mais dois casos do novo coronavírus no município. Um dos contaminados, porém, incomodado com a divulgação do resultado de seu teste, descumpriu o isolamento social. O prefeito de Amargosa, Julio Pinheiro (PT), divulgou vídeo nas redes sociais dizendo que pedirá a prisão do homem.

Foram os primeiros casos confirmados de pessoas que estão na cidade. Antes, a gestão municipal já havia comunicado o caso de uma idosa que está internada em Salvador há mais de 30 dias.

Um dos casos trata-se de um homem de 54 anos, assintomático, que acompanhou sua esposa em Salvador e contraiu a doença através dela. “Demonstra que a nossa decisão em reconhecê-la como primeiro caso confirmado em Amargosa foi acertada, o que possibilitou o monitoramento, o teste e, hoje, a confirmação do seu marido como caso positivo”, disse o prefeito.

Após a divulgação, o homem de 54 anos publicou um vídeo nas redes sociais, criticando a prefeitura por não comunicá-lo do resultado do teste. Ele ainda ironizou, dizendo que não tem qualquer sintoma da doença. Depois, em outro vídeo, ele aparece andando normalmente pelas ruas, sem máscara e fingindo tosse.

Em um novo vídeo, o prefeito Julio Pinheiro demonstrou indignação, negou ter divulgado o nome do infectado e contou ter entrado em contato com o setor jurídico da prefeitura, para pedir a prisão do homem, por descumprimento das regras de isolamento e divulgação de notícias falsas.
fonte:BN
O outro caso trata-se de um idoso de 75 anos, que esteve em Salvador em abril e contraiu a doença através de um parente contaminado. Ele compareceu ao Hospital Municipal de Amargosa, com febre, tosse e dificuldade de respirar. Em isolamento, o paciente está sob observação constante por parte da Vigilância Epidemiológica do município.

A gestão municipal ainda contabiliza 35 casos suspeitos da Covid-19, sendo que três aguardam resultado de exame encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Salvador. O prefeito aproveitou para reforçar que a população deve ficar em casa e lembrou: no caso de haver necessidade de sair, é obrigatório usar máscara, conforme decreto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário