quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Operação aponta sonegação e desvios de R$ 10 bi em distribuidoras de medicamentos

 

Operação aponta sonegação e desvios de R$ 10 bi em distribuidoras de medicamentos
Foto: Divulgação / MP-SP


O Ministério Público de São Paulo, a Receita Federal e Secretaria Estadual da Fazenda deflagraram uma operação contra um suposto esquema de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro envolvendo cinco grandes distribuidoras de medicamentos. A investigação deflagrada nesta quinta-feira (1°) aponta que as fraudes causaram um prejuízo de R$ 10 bilhões aos cofres públicos nos últimos seis anos.

 

De acordo com o G1, além das cinco distribuidoras, duas redes varejistas e uma associação nacional de distribuidoras de remédios foram alvos da operação. Na moradia de um dos investigados, sócio de uma rede de farmácias, a polícia achou R$ 8 milhões em dinheiro vivo guardados em quatro gavetas de um armário.

 

Na casa de um outro alvo, os investigadores encontraram R$ 200 mil em sacos de lixo. O montante teria sido descartado após a chegada dos policiais.

 

Foram cumpridos 88 mandados de busca e apreensão nas empresas dos supostos envolvidos no esquema. em cidades da Grande São Paulo e nas regiões de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Marília, Piracicaba e Campinas. Ainda foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos estados de Goiás e Minas Gerais. A Justiça determinou o sequestro de 17 imóveis.




Nenhum comentário:

Postar um comentário