quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Quatro santoantonienses recebem primeira dose da vacina contra o Coronavírus nesta terça, 19


Primeira fase contempla profissionais de saúde, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, idosos de 75 anos ou mais e munícipes de comunidades tradicionais

Os quatro primeiros santoantonienses vacinados com a Coronavac em Santo Antônio de Jesus receberam a primeira dose nesta terça, 19, em ato simbólico após coletiva de imprensa realizada pela Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus (PMSAJ) no Centro Cultural.

Os contemplados foram as técnicas em enfermagem Adenilma Vilela, que atua na Unidade de Saúde da Família (USF) do Centro e Clotildes Araújo Batista, profissional do USF Alto do Sobradinho e do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), além da enfermeira do pronto atendimento da COVID, Daiane Luz Araújo, e do médico Damião Domingos, que por muito tempo presta serviço ao município.

A população que se enquadra nos grupos de risco considerados prioritários para serem imunizados nesta primeira etapa já começa a ser vacinada nesta quarta, 20. Durante o evento, o secretário municipal de Saúde, Leonel Cafezeiro, apresentou o plano municipal de imunização e as estratégias adotadas no município. O evento teve a presença do prefeito, Genival Deolino e também de integrantes da atual gestão e da imprensa local.

Para o prefeito, o momento foi celebrado com felicidade e esperança por dias melhores. “Todos nós estávamos aguardando ansiosos por este dia, portanto o início da imunização em Santo Antônio de Jesus é para ser comemorado. Sabemos que as doses que recebemos são somente para dar início à demanda existente em nosso município, mas esperamos em breve receber outros lotes do Governo Federal para garantir a imunidade e proteção dos cidadãos e cidadãs santoantonienses.”, comemora Deolino.

A aplicação da vacina será em quatro fases. Nesta primeira serão priorizados os profissionais de saúde na linha de frente do combate à Covid-19, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, seguido de idosos de 75 anos ou mais e cidadãos de comunidades tradicionais como povos ribeirinhos e quilombolas. Porém, a PMSAJ recebeu apenas 35% de doses necessárias para imunizar o público alvo.

Já a segunda fase é direcionada a pessoas entre 60 e 74 anos. A terceira etapa vai imunizar pessoas que convivem com doenças como diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, cidadãos transplantados de órgão sólido, portadores de anemia falciforme, de câncer e em estágio de obesidade grave (IMC maior que 40).

A última fase prevê a vacina para trabalhadores em educação, portadores de deficiência permanente severa, integrantes das forças de segurança, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, trabalhadores de transporte coletivo e rodoviários de carga.

Estratégias para imunização

A vacina será aplicada por profissionais que estarão em 14 viaturas percorrendo unidades hospitalares, UPA e pronto atendimento da COVID. Haverá também vacinação domiciliar para idosos a partir de 75 anos em carros volantes e aplicação da Coronavac em escolas municipais para imunização de grupos alvos da campanha de acordo com as fases previstas. O esquema de drive thru também será utilizado em unidades de saúde.

O período de aplicação das etapas seguintes para imunizar o restante da população será definido e divulgado amplamente de acordo com a disponibilização de novas doses pelo Ministério da Saúde.

Ascom PMSAJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário