sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Hospital na Fonte Nova reabre se ocupação de UTIs Covid-19 atingir 85%, alerta Vilas-Boas




O governo do estado está se preparando para uma possível reabertura do Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, como resposta ao avanço da segunda onda de contaminação da Covid-19 na Bahia. A possibilidade foi levantada pelo titular da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas, em entrevista ao Bahia Notícias nesta quinta-feira (4).

 

“Nós temos hoje a possibilidade de reabrir a Fonte Nova, caso venha a ser necessário. Eu já determinei que todas as camas, monitores, respiradores, todo o material móvel que a gente havia retirado de lá e guardado nos almoxarifados, já sejam contabilizados e checados, tudo direitinho, para que, caso a taxa de ocupação comece a subir, nós possamos reativar o hospital de campanha da Fonte Nova”, disse o secretário.

 

O Hospital de Campanha Arena Fonte Nova foi aberto inicialmente no dia 8 de junho de 2020, em meio à primeira onda de contaminação do novo coronavírus. A unidade de saúde chegou a ter 240 leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19, sendo 100 de terapia intensiva.

 

Pouco mais de quatro meses depois, no dia 16 de outubro, com a taxa de ocupação nas UTIs do estado em queda, a Sesab decidiu desativar a estrutura. Na época, a Bahia tinha 48% de seus leitos de terapia intensiva reservados para Covid-19 ocupados, o que dava tranquilidade para que o governo abrisse mão de algumas unidades.

 

Entretanto, do dia em que o hospital de campanha foi desmontado até esta quinta-feira (4), a taxa de ocupação das UTIs na Bahia subiu de 48% para 74%. O governo baiano então começou a reabrir unidades em todo o estado, para atender à demanda da segunda onda de contaminação. Hoje, a quantidade de leitos é maior do que a existente na primeira fase.

 

“Se isso ultrapassar 85% no estado todo, a gente vai ter que sentar, conversar e reativar os leitos da Fonte Nova progressivamente. Porque, hoje, a realidade é que já reabrimos todos os leitos que nós havíamos desativado e ampliado mais 79 leitos de UTI no Hospital Espanhol, que não havia na primeira fase”, afirmou Vilas-Boas, estabelecendo uma espécie de “gatilho” para a reabertura do hospital de campanha no estádio.

 

No boletim epidemiológico desta quinta (4), a Sesab contabilizou mais de 13 mil casos ativos da Covid-19 na Bahia, o maior número desde o dia 22 de agosto de 2020 . O avanço da pandemia no estado provocou também um aumento considerável da ocupação das UTIs, de 70% para 74% nas últimas 24 horas.


foto / PIRÔPO NEWS / TEXTO por Jade Coelho / Lula Bonfim BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário