OLIMPÍADAS



quinta-feira, 27 de maio de 2021

Produção sustentável de biojoias é aposta de agricultores familiares da Bahia




O segmento da moda e de acessórios sustentáveis é uma alternativa de emprego e renda agricultores e agricultoras da Associação Beneficente de Pesca e Agricultura de Ituberá (Abpagi), do Baixo Sul baiano, com sede no município de Ituberá. A associação vem investindo na produção de biojoias e conta com o apoio do Governo do Estado, com investimentos que ultrapassam R$ 1,5 milhão, por meio do projeto Bahia Produtiva.


As biojoias são produzidas com matérias-primas naturais, disponíveis na região, a exemplo do coco da piaçava e sementes de seringueira, além de outras sementes extraídas da Mata Atlântica local, de forma ambientalmente sustentável. Além das biojoias, o artesanato de piaçava também é alternativa de renda na produção de artesenato. De agosto de 2020 a maio de 2021, a Abpagi faturou mais de R$ 1 milhão com a venda de biojoais.


De acordo com o presidente da Abpagi,


Domingos Conceição, o Bahia Produtiva possibilitou o acesso da produção da associação ao mercado.



📲 *Onde encontrar os produtos da ABPAGI*

O artesanato da Abpagi é vendido pela startup Escoaf https://www.escoarbrasil.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário