OLIMPÍADAS



segunda-feira, 12 de julho de 2021

Justiça dá cinco dias para AGU justificar realização de motociata de Bolsonaro no Ceará


Justiça dá cinco dias para AGU justificar realização de motociata de Bolsonaro no Ceará

O juiz Leonardo Resende Martins, da 6ª Vara da Justiça Federal do Ceará, deu até o dia 16 de julho para que a Advocacia-Geral da União (AGU) se justifique sobre o processo que tenta impedir a realização de motociatas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no estado.

 

A ação foi impetrada pelo deputado federal Célio Studart (PV-CE), no dia 17 de junho com pedido de liminar.

 

Na peça, Studart afirma que o presidente está desrespeitando os protocolos sanitários de combate à pandemia, além de questionar os gastos com mobilização de órgãos de estado para custear a operação.

 

“Os eventos realizados em São Paulo e Rio de Janeiro apresentaram graves violações de medidas sanitárias e de distanciamento. Não podemos deixar que isto ocorra também no nosso estado. As taxas de ocupação de leitos ainda são altas e as taxas de contaminação ainda não estão controladas”.

 

No sábado, Bolsonaro participou de uma motociata em Porto Alegre. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário