OLIMPÍADAS


quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Brasil está a duas medalhas de bater o recorde em uma edição das Olimpíadas

 

Brasil está a duas medalhas de bater o recorde em uma edição das Olimpíadas
Foto: Divulgação / Tokyo 2020


O Brasil está a duas medalhas para bater o recorde em uma edição dos Jogos Olímpicos. Com o ouro de Ana Marcela Cunha, o Time Brasil chegou a sua 15ª conquista em Tóquio 2020, sendo quatro douradas, três de prata e oito de bronze, e ainda tem outras três já garantidas, totalizando 18. O melhor desempenho do país foi na Rio-2016 quando abocanhou 19.

 

Das três medalhas já garantidas, duas são no boxe, com os baianos Hebert Conceição e Beatriz Ferreira, que estão na semifinal, sendo que a modalidade não há disputa do terceiro lugar e com isso o bronze será o mínimo. Eles sobem no ringue na madrugada desta quinta (5). A outra é no futebol masculino, onde a seleção brasileira, cujo capitão é o baiano Daniel Alves, fará a final do torneio contra a Espanha no próximo sábado (7) e o pior resultado é a prata.

 

O país também tem boas chances de subir no pódio em outras três disputas. Uma é na Canoagem Velocidade, com o baiano Isaquias Queiroz, que vai participar da prova individual do C1 1.000m. Enquanto no vôlei de quadra, as seleções masculina e feminina estão na semifinal.

 

Os Jogos Olímpicos de Tóquio terminam no próximo domingo (8).

Nenhum comentário:

Postar um comentário