OLIMPÍADAS


sexta-feira, 10 de setembro de 2021

'Sinto que é coisa do passado', diz Temer sobre ataques de Bolsonaro ao STF

 

'Sinto que é coisa do passado', diz Temer sobre ataques de Bolsonaro ao STF
Foto: Alan Santos / PR

O ex-presidente Michel Temer disse acreditar que os ataques de Bolsonaro aos demais poderes ficaram no passado após a nota de recuo assinada por ele. Ação de Temer fez o presidente recuar na crise institucional. 

 

“Aquelas frases no estilo ‘não vou cumprir decisão judicial’, eu acho que a partir de hoje, pelo menos muito fortemente essa sensação na conversa muito objetiva que Bolsonaro comigo, eu sinto isto é coisa do passado. Como se diz, ‘olha, vamos contar o tempo a partir daqui’, é porque ele vai pautar-se por esse documento, por essa declaração que lançou no dia de hoje”, afirmou o ex-presidente à CNN Brasil.

 

Michel Temer chegou pela manhã e retornou para São Paulo no final da tarde. O encontro aconteceu dois dias depois dos ataques de Bolsonaro ao Supremo, em especial o ministro Alexandre de Moraes.

 

Conforme divulgado, Bolsonaro conversou com Moraes em ligação mediada por Temer (leia mais aqui). De acordo com participantes do encontro, o ex-presidente teria chegado ao encontro já com a sugestão.

 

A conversa entre os dois ocorreu antes da divulgação da nota de recuo de Bolsonaro, com tom difrente do que vem adotando nos últimos meses. O texto foi redigido com ajuda do ex-presidente.

 

"Ao meu modo de ver, este documento [nota] que tivemos oportunidade de sugerir, colaborar, é um documento que revela um compromisso dele com a constituição, com a harmonia entre os Poderes. Faz até uma referência ao ministro Alexandre de Moraes, em face de fala que ele teve durante aquele encontro na Paulista", disse Temer ainda em  entrevista à CNN Brasil.




Nenhum comentário:

Postar um comentário