OLIMPÍADAS


sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Bacelar descarta processo de federação no Podemos: 'Nenhum interesse


Bacelar descarta processo de federação no Podemos: 'Nenhum interesse'

A possibilidade do Podemos formar federação com algum outro partido para as eleições de 2022 está longe de acontecer, pelo menos neste momento. De acordo com o presidente da legenda na Bahia, o deputado federal Bacelar, as chances do movimento ser feito são pequenas.

 

“Eu tratei desse assunto com a presidente do partido [Renata Abreu] nessa semana. O sentimento do partido é de que vamos marchar sozinhos e de que não vamos nos associar com nenhum outro partido. Não temos nenhum interesse no momento”, disse o parlamentar.

 

A especulação sobre a junção de partidos ganhou força após a derrubada do veto presidencial que impedia a federação. A fusão do Democratas com o PSL, que originou o maior partido do Congresso, o União Brasil, teria motivado os partidos a pensarem no assunto. PP, PL, Republicanos, MDB, Solidariedade, Avante, Cidadania, Rede e PV, já teriam iniciado conversas e discutindo o assunto.

 

O Podemos tenta viabilizar a construção de uma terceira via para o pleito do que vem. O partido sonha em convencer o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro a disputar a Presidência da República.

 

A bancada do partido na Câmara dos Deputados na atual legislatura é composta por 10 representantes. Já no Senado, o Podemos conta com nove parlamentares. Nas votações do Congresso, a legenda que se diz independente costuma votar a favor de pautas bolsonaristas.

 

 Já na Bahia, a tendência é de que a aliança com o grupo do governador Rui Costa (PT) seja mantida. “Temos um tratamento muito gentil e companheiro com o governo do estado. O nosso caminho é marchar junto ao governador”, pontuou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário