OLIMPÍADAS


domingo, 21 de novembro de 2021

Mulher em coma acorda no dia em que seus aparelhos seriam desligados

 



O caso aconteceu em Portland, nos Estados Unidos. A mulher estava internada há mais de um mês, por conta da Covid-19


Bettina Lerman, de 69 anos, quase não passou dessa para uma melhor. A mulher acordou de um coma no dia em que seus aparelhos seriam desligados. O caso aconteceu em Portland, nos Estados Unidos.

De acordo com o jornal The Washington Post, a família de Lerman já estava realizando os preparativos para o seu enterro, escolhido caixão e lápide, até mesmo cancelado o aluguel da mulher e doado seus pertences.

No dia em que estava planejado o desligamento dos aparelhos, Andrew Lerman, filho de Bettina, recebeu uma ligação do hospital em que a mãe estava internada. Ao atender, o filho se surpreendeu com a notícia de que Bettina havia, inexplicavelmente, acordado. 

Agora, Bettina está em um quadro delicado, porém acordada e consciente. Andrew Lerman explicou que a mãe é diabética, já havia sofrido um ataque cardíaco e passado por uma cirurgia de ponte de safena. Ela foi internada em 12 de setembro com sintomas de Covid-19 e ligada ao ventilador nove dias depois. 

Bettina acordou em 29 de outubro. Antes, os médicos haviam dito à família que não esperavam que ela se recuperasse. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário