Últimas Notícias

Energia elétrica aumentou mais do que o dobro da inflação nos últimos anos

 Dados da Abraceel mostram que a energia elétrica acumulou alta de 114% em sete anos, enquanto a inflação foi de 48%

Foto: Reprodução/TV Bahia

A tarifa residencial da conta de luz tem subido mais do que a inflação no país. Desde 2015 a diferença desse aumento tem sido mais do que o dobro. Em 2021 a conta de energia acumulou alta de 114%, diante dos 48% da inflação no mesmo período.

Os dados são da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel).

Segundo a entidade, a energia elétrica residencial teve um aumento médio anual de 16,3% entre 2015 e 2021. Já o Índice de preços no consumidor (IPCA) teve uma variação de 6,7% ao ano. Isso representa crescimento de 237% acima da inflação no período observado.

A energia elétrica representou 10,65% da variação do IPCA. No ano passado, o índice variou 10,06%. Já a energia elétrica teve oscilação de 21,21%. O impacto no IPCA de 2021 foi de 0,98 ponto percentual.

O vice-presidente de energia da Abraceel, Alexandre Lopes, acredita que o formato de regulação do mercado impacta diretamente na subida da conta de luz.

“São as ineficiências do modelo que acabam recaindo sobre as tarifas com o aumento de encargos e subsídios. O modelo do ambiente regulado é ineficiente, e acaba pressionando as tarifas. Por isso a importância de abrir o mercado livre a todos os consumidores”, explicou.



CNN BRASIL

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads