Últimas Notícias

Temendo invasão russa, Ucrânia pede mais armas a países do ocidente

 Ministro falou com Reino Unido e previsão é de que Kuleba converse ainda nesta terça com secretário dos EUA.

Foto: Reprodução

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, afirmou nesta terça-feira (22) que o país pediu às nações ocidentais o envio de mais armas combater os possíveis ataques da Rússia. O representante já falou com o Reino Unido e a previsão é de que Kuleba converse ainda nesta terça com o secretário dos EUA Antony Blinken.

"Nesta manhã, enviei uma carta ao secretário britânico das Relações Exteriores, pedindo armas defensivas adicionais para a Ucrânia. Com a mesma pergunta, vou me dirigir aos meus interlocutores nos Estados Unidos", disse o representante.

De acordo com o ministro, o pedido de apoio será ainda mais reforçado para que o país tenha condições armamentistas de se defender da Rússia. "Nossas melhores garantias serão nossa diplomacia e armas. Vamos mobilizar o mundo inteiro para termos tudo de que precisamos para fortalecer nossas defesas", cravou.

No início do mês, países da Europa Ocidental e os EUA já enviaram armas para a Ucrânia. Os Estados Unidos e o Reino Unido forneceram ajuda militar e a Alemanha enviou capacetes, apesar de não ajudar com armamento letal. O presidente da Rússia, Vladimir Putin criticou as doações.




Metro1




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads