Últimas Notícias

China volta a isolar pessoas após dois anos de pandemia de Covid-19

País registrou quase 4 mil casos da doença no último domingo (13)

Foto: Kevin Frayer/Getty Images

A China voltou a decretar o confinamento de grande parte da população no último domingo (13), após registrar o maior número de casos de covid-19 em dois anos. Ontem, foram registrados 3.939 casos da doença no país.

Por isso, a Comissão Nacional de Saúde decidiu confinar parte significativa da população chinesa. Em Xangai, por exemplo, shoppings, restaurante e escolas foram fechados. Na região de Shenzhen, na fronteira com Hong Kong, por exemplo, foram identificados 66 casos e, por isso, 17 milhões de pessoas têm de se manter isoladas. Os surtos de covid-19 são das variantes ômicron e delta.

Primeiro epicentro da doença no mundo, a China adota a política de “covid zero”, ou seja, quando é identificado um novo foco de casos da doença, há um isolamento da população e uma testagem em passa. Na cidade de Jilin, por exemplo, o confinamento começou e os testes identificaram 500 casos da variante ômicron.



Yahoo Notícias

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads