Últimas Notícias

Contra-golpe do PT ao PP inclui busca a prefeituras e tentativa de filiação à estaduais


Contra-golpe do PT ao PP inclui busca a prefeituras e tentativa de filiação à estaduais

O rompimento do PP com o grupo político liderado pelo PT tem gerado retaliações de lado a lado. Fontes internas ligadas ao Progressistas no estado revelaram ao Bahia Notícias que todos os 92 prefeitos da legenda foram procurados por interlocutores petistas - o número pode ser ligeiramente maior, porém a listagem atualizada de prefeituras sob o comando da sigla não está disponível. 

 

A aparição de quatro prefeitos vinculados ao PP pode ter sido apenas o início da ação do PT sob a base de prefeituras do antigo aliado . No primeiro evento após o rompimento, quando aconteceu o anúncio de pavimentação da estrada entre Almadina e Floresta Azul, a construção de nova escola e nova delegacia na cidade, estiveram presentes: Juraci, prefeito de Barro Preto; Jadson Albano, de Coaraci; Dr. Marival, de Nova Canaã e Paulo Rios, prefeito de Itororó.

 

A perspectiva petista pode ser bastante ousada. Segundo fontes internas do partido, a ideia seria atrair 60, das 92 prefeituras vinculadas ao partido do vice-governador João Leão. Além deles, a ideia também é contar com o apoio de outros três deputados estaduais do PP. Apesar disso, a movimentação pode ter sido contida, já que a legenda migrou para a oposição ao governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) ). 

 

Mesmo com os primeiros sinais de perdas sendo dados, o partido não começou a contabilizar os dissidentes. Segundo uma das fontes internas ligadas ao PP, o partido segue em processo de estabilização após a migração da base de apoio e confia na manutenção de boa parte das prefeituras e dos deputados estaduais. Atualmente somente Jurandy Oliveira (PP) deve se manter na base governista.

 

TAMANHO DO PP NA BAHIA

O impacto na perda de prefeituras pode ser refletido nas urnas. O PP tem o segundo maior percentual de prefeituras na Bahia com 92 chefes de executivos, dos 417 municípios baianos. A sigla fica atrás apenas do PSD do senador Otto Alencar, que saiu vitorioso em 102 municípios.



por Mauricio Leiro foto Manu Dias GOv BA

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads