Últimas Notícias

Vale divulga novos números de indenizações por tragédia em Brumadinho


Vale divulga novos números de indenizações por tragédia em Brumadinho

A Vale divulga novo levantamento sobre as indenizações pagas até agora a quem sofreu os impactos da tragédia que deixou 270 mortos por causa do rompimento da barragem B1, em Brumadinho (MG), em 2019.
 

Segundo a mineradora, houve acordo com cerca de 13 mil pessoas impactadas pelo rompimento da estrutura e pelas remoções que a empresa teve de fazer devido ao aumento do nível de emergência.
 

Somados, tais acordos estão agora na casa dos R$ 3 bilhões, ante R$ 2 bilhões pagos até junho do ano passado, conforme os dados da Vale.
 

A empresa diz também que, dentre os familiares dos trabalhadores que morreram na avalanche de lama, mais de 1.700 pessoas fecharam acordos de indenização.
 

"Todos os empregados, próprios ou terceirizados, mortos no rompimento da B1, já tiveram ao menos um familiar com acordo firmado", diz a empresa.
 

O pagamento das indenizações é uma questão discutida desde a tragédia, com tentativas da Vale de recorrer em parte dos casos.
 

No ano passado, a defesa da mineradora chegou a classificar como "absurdo" o pagamento de R$ 1 milhão em danos morais por trabalhador morto na tragédia após decisão judicial.
 

Na ocasião, entidades internacionais ligadas à defesa dos direitos humanos e de trabalhadores enviaram cartas à Vale pedindo que a empresa reconhecesse e pagasse sem resistência.



 Folhapress

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads