Últimas Notícias

Anvisa amplia lista de chocolates Kinder proibidos no país por suspeita de Salmonella

 Nova norma proíbe a comercialização de todos os produtos de nome Schoko-Bons, da Ferrero, procedentes da Bélgica; empresa faz recolhimento voluntário.

Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil


Em nova norma publicada na quarta-feira (27), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de todos os produtos de nome Schoko-Bons, da empresa Ferrero, procedentes da Bélgica.

A medida, publicada no Diário Oficial da União, também mantém a proibição da comercialização, da distribuição, da importação e do uso dos produtos da marca Kinder fabricados na Bélgica pela empresa Ferrero. Os produtos dessa fábrica foram alvo de alerta internacional comunicando um surto de Salmonella typhimurium em chocolates da marca.

De acordo com a Anvisa, a medida tem como embasamento o comunicado da empresa Ferrero do Brasil sobre a identificação da comercialização de lotes desses produtos, importados por terceiros para o país.

O chocolate é fabricado nos sabores cacau e branco e está disponível em embalagens de 46g, 125g, 200g e 300g.

Em nota, a Ferrero do Brasil informou que a resolução da Anvisa formaliza o recolhimento voluntário do produto já iniciado pela empresa (Clique aqui e leia o texto completo ).


CNN Brasil 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads