Últimas Notícias

Feira de Santana: APLB registra queixa contra ação da Guarda Municipal

 

Feira de Santana: APLB registra queixa contra ação da Guarda Municipal
Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade

Professores da rede municipal de Feira de Santana completaram cinco dias de greve nesta segunda-feira (4). Neste mesmo dia, os docentes, através da APLB Sindicato, decidiram ir em conjunto até o Complexo de Delegacias do Sobradinho para prestar queixa contra a prefeitura. O motivo foram agressões sofridas nas últimas quinta-feira (31) e sexta-feira (1°) após ação da Guarda Municipal (clique aqui).

 

Ao Acorda Cidade, a presidente da APLB- Feira, Marlede Oliveira, disse que cerca de dez professores foram agredidos e ficaram com lesões corporais. A ocorrência registrada nesta segunda será anexada ao processo já aberto pelos vereadores da cidade, denunciando as agressões.

 

Em uma delas, o presidente da Câmara Municipal, Fernando Torres (PSD), declarou ter sofrido um soco à traição por um servidor da prefeitura quando tentava entrar na sede do Executivo Municipal.

 

Ainda segundo o site, Marlede Oliveira declarou ainda que aguarda diálogo com a prefeitura a respeito das reivindicações da categoria, a exemplo do pagamento do piso nacional atualizado para categoria [33,23%) e o repasse de 60% de verbas do precatório do antigo Fundef, atual Fundeb [Fundo para Educação Básica], alteração de carga horária e pagamento integral de salários.




BN/Acorda Cidade


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads