Últimas Notícias

Rússia diz que envio de armas dos EUA à Ucrânia é 'inaceitável'

 



A Rússia afirmou ser "inaceitável" que os Estados Unidos continuem a enviar armamentos para a Ucrânia. Ontem, uma reunião entre o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e o diretor do Pentágono, Lloyd Austin, definiu uma nova ajuda militar, direta e indireta, no valor de US$ 700 milhões. "Enfatizamos a inaceitabilidade dessa situação quando os Estados Unidos despejam armas na Ucrânia e exigimos o fim dessa prática", afirmou Anatoly Antonov, embaixador da Rússia nos Estados Unidos.

Ele acrescentou que uma nota diplomática oficial foi enviada a Washington. As informações são da emissora Sky News. O governo dos Estados Unidos iniciou um processo para acelerar o envio de equipamentos militares ao país, com a entrega de armas pesadas, para que a Ucrânia consiga resistir à ofensiva russa na região leste. "Queremos ver a Rússia enfraquecida a ponto de não ter condições de fazer o tipo de coisa que fez ao invadir a Ucrânia", declarou Lloyd Austin. 

Em comunicado divulgado na manhã de hoje, Zelensky agradeceu "a assistência sem precedentes dos Estados Unidos à Ucrânia". "Gostaria de agradecer ao presidente Joe Biden pessoalmente e em nome de todo o povo ucraniano por sua liderança no apoio à Ucrânia, por sua clara posição pessoal. Nós vemos isso. Nós sentimos isso.".


uol

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads