Últimas Notícias

Publicidade Jaguaripe 2023

Com escolha no 2º turno definida, Tebet cobra partidos de aliança para manifestar apoio

 

Com escolha no 2º turno definida, Tebet cobra partidos de aliança para manifestar apoio

Derrotada na corrida presidencial deste domingo (2), a candidata do MDB Simone Tebet vai aguardar as manifestações dos partidos de sua aliança, MDB, PSDB, Cidadania e Podemos, para se posicionar na disputa do segundo turno que será entre o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT). A emedebista deu um prazo de 48 horas para que as legendas indiquem seus lados, no entanto ela ressaltou que já tem uma escolha.

 

"Quero dizer, com todo o respeito, respeito o processo eleitoral, que não terminou agora porque agora é hora de os presidentes dos nossos partidos se posicionarem e se pronunciarem. Eu espero que o façam e o façam rapidamente para que depois eu possa, como candidata à Presidência que fui, nesse momento tão complexo, onde nós temos, sim, que analisar os resultados da urna, para que eu possa me posicionar", afirmou. "A palavra agora está com os presidentes dos partidos porque, repito, sou uma política que respeita o processo decisório, o processo eleitoral. Mas que, no máximo, em 48 horas vocês decidam porque eu vou me pronunciar, porque tenho uma responsabilidade junto com Mara", completou.

 

Tebet recebeu 4.915.288 votos, o que dá 4,16%, e terminou no terceiro lugar, à frente de Ciro Gomes (PDT), que teve 3,04%. A liderança da disputou foi de Lula com 48,43%, enquanto o vice-líder Bolsonaro ficou com 43,20%.

 

"Roberto [Freire], acelere a decisão do Cidadania. Peço ao MDB que faça o mesmo. E ao PSDB e Podemos que façam o mesmo. Só não esperem de mim – eu que tenho uma trajetória de vida de luta pelo país, neste país que tanto precisa de nós – omissão. Tomem logo a decisão, porque a minha está tomada. Eu tenho lado e vou me pronunciar no momento certo. Só espero que vocês entendam que esse não é qualquer momento do Brasil", frisou a senadora pelo Mato Grosso.

 

O PSDB anunciou através de publicação no Twitter que vai se reunir nesta terça-feira (4) para definir a liberação de seus diretórios estaduais no segundo turno da corrida presidencial.

 

O segundo turno das eleições acontece no próximo dia 30 de outubro, último domingo do mês. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem