Últimas Notícias

Publicidade Jaguaripe 2023

Polícia prendeu 352 e Justiça registrou quase 1.400 crimes eleitorais no domingo

O delito mais "comum" flagrado por agentes de segurança pública em todo País foi a boca de urna (456 ocorrências).


O Ministério da Justiça e Segurança Pública registrou 1.378 crimes eleitorais ao longo do primeiro turno das eleições neste domingo, 2. De acordo com a pasta, o delito mais "comum" flagrado por agentes de segurança pública em todo País foi a boca de urna (456 ocorrências), seguido da corrupção eleitoral (95).

Ainda de acordo com a pasta, também foram registrados 80 casos de violação do sigilo do voto - quando o eleitor tira foto da urna - e 57 ocorrências de transporte irregular de eleitores. As informações foram compiladas pela Secretaria de Operações Integradas do MJSP e são referentes à Operação Eleições 2022.

As Polícias em todo País prenderam 352 pessoas neste domingo, indica ainda o Ministério da Justiça. Somente a Polícia Federal foi responsável por 255 das conduções, diz balanço próprio divulgado pela corporação. As principais ocorrências flagradas pela PF foram de propaganda irregular (50), seguida de boca de urna (44) e compra de voto (30).

A Operação Eleições 2022 conta com a atuação de integrantes do Tribunal Superior Eleitoral, da Polícia Federal, dos Corpos de Bombeiros Militares e da Polícia Rodoviária Federal, além de representantes das 27 Unidades da Federação. Cerca 500 mil agentes, participaram da ação. Foram empregadas 70 mil viaturas, três aeronaves e nove embarcações.


Notícias ao minuto

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem