Últimas Notícias

Equipe de Lula esbarra no orçamento de Bolsonaro para manter auxílio de R$ 600

O petista prometeu manter benefício no valor de R$ 600, mas o valor previsto pelo atual presidente no orçamento enviado ao Congresso só prevê R$ 450.

Foto: Renato Pizzutto / Band

Depois da vitória nas eleições, a equipe do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) trabalha para cumprir compromissos firmados na campanha, mas esbarra com a proposta de orçamento encaminhada pela área econômica de Jair Bolsonaro (PL).

A prioridade do governo Lula será manter o auxílio de R$ 600, enquanto o projeto da gestão atual só prevê R$ 450. Além disso, houve a promessa de dar um adicional de R$ 150 por criança de até seis anos, retomando o Bolsa Família, que foi revogado por Bolsonaro.

De acordo com o G1, nesta quinta-feira (3) está prevista uma reunião entre Geraldo Alckmin, vice-presidente eleito e coordenador da equipe de transição, e o senador eleito Wellington Dias (PT-PI), coordenador de Orçamento da campanha, com o relator do Orçamento, senador Marcelo Castro (PMDB-PI).

“Nós esperamos receber uma proposta ou analisar todo o quadro orçamentário para ver que proposta o novo governo tem para atender as demandas que foram criadas. Como, por exemplo, o compromisso do presidente eleito de manter o Auxilio Brasil, o Bolsa Família, no valor de R$ 600”, disse Castro. 



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
PIROPO NEWS