Últimas Notícias

É TÃO BOM. É SALVADOR
É TÃO BOM. É SALVADOR

Salvador lança Agência do Trabalhador da Cultura com serviços gratuitos para qualificar e promover empregabilidade

  

Foto: Betto Jr./Secom PMS

A Prefeitura de Salvador lançou nesta quarta-feira (22) a Agência do Trabalhador da Cultura, que ofertará atendimentos gratuitos ao trabalhador e empreendedor cultural no SAC do Empreendedor, localizado no Mercado São Miguel, em parceria com o Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (Simm). O equipamento, o primeiro da capital baiana e o segundo em todo o país, iniciará a operação no mês de julho.
 
Voltada para a promoção da empregabilidade e de microempreendedores do setor cultural de Salvador, a agência terá atendimentos presenciais e on-line, com ações descentralizadas para periferias da cidade, além de conexão entre trabalhadores das artes e o mercado.
 
O prefeito Bruno Reis explicou que a gestão municipal tem investido em equipamentos culturais a exemplo da Casa das Histórias, do Arquivo Municipal, e da Cidade da Música, formando um complexo cultural na cidade. Ele citou ainda que outros dois equipamentos estão em construção: a Escola de Arte e a Casa de Espetáculos.
 
“Eu tenho certeza que a partir do funcionamento da agência, o setor vai ser ainda mais dinamizado. Ela vai conseguir suprir as dificuldades que os trabalhadores da cultura têm. Os profissionais já são bons na capacidade de produzir através das diversas formas de manifestações culturais, mas gerir um negócio não é fácil e essa agência vai oferecer suporte técnico para complementar o trabalho", destacou.
 
Bruno também destacou que a Prefeitura tem feito investimentos robustos em tecnologia e na economia criativa, citando o SAC do Empreendedor, o HUB Salvador e Polo de Economia Criativa, além dos editais a partir das leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc. “Todos estes equipamentos se conectam para desenvolver ainda mais este setor”, ressaltou.
 
Entre os serviços oferecidos pela Agência do Trabalhador de Cultura estão: intermediação de mão de obra (banco de talentos, mapeamento de oportunidades, parcerias, e acompanhamento das contratações); serviços criativos (design, fotografia e Copywriting); consultoria para economia criativa (elaboração de projetos culturais, prestação de contas, planejamento, gestão financeira e precificação e rotinas administrativas); assessoria jurídica; linha de microcrédito; palestras e workshops, entre outros.
 
Desenvolvimento – De acordo com o titular da Secult, Pedro Tourinho, a Agência do Trabalhador da Cultura é um passo importante de uma política pública criada pela gestão municipal. “Reconhece esse segmento como atividade econômica relevante, e que busca capacitar ainda mais a população que trabalha nessa área para ter mais sucesso e prosperidade”, destacou.
 
Para a diretora de Cultura da Secult, Maylla Pitta, a iniciativa é mais uma estratégia para fomentar a economia da cultura da cidade, através da criação de melhores oportunidades e condições de trabalho.  “Proporcionando, assim, a criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento sustentável para profissionais dos segmentos artísticos e culturais da cidade”, afirmou.
 
A titular da Semdec, Mila Paes, destacou que a cidade está fazendo história e que não há no país um projeto que seja tão estruturado para fortalecimento da cultura e valorização dos profissionais da área. “Minha fala é uma mistura de alegria e gratidão, mas hoje é um dia para celebrar mais um importante passo que a gente vem dando como Prefeitura para fazer entregas que transformem a vida das pessoas. A Semdec vem desde o início da sua atuação próximo da cultura porque a gente reconhece a cultura como potência econômica. E Salvador é potência principalmente por conta disso”, contou.
 
Programa – A Agência do Trabalhador da Cultura integra o Programa de Economia da Cultura, uma iniciativa municipal que visa o desenvolvimento integrado dos diversos setores da economia cultural e criativa de Salvador. Tem por objetivo desenvolver o ecossistema cultural da cidade em etapas, a partir de três áreas estratégicas: empregabilidade, formação e negócios.
 
Visando o fortalecimento do ecossistema cultural, o Programa tem como foco a realização de entregas através de eixos estratégicos: Qualificação, Negócios, e Empregabilidade.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Campanha Salvador Capital Afro
Campanha Salvador Capital Afro
Jaguaripe
Jaguaripe
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS