Últimas Notícias

SALVADOR: Programas de Salvador colaboram para sucesso de atletas em competições internacionais

Foto: Lucas Moura/Secom PMS


Seguir a carreira esportiva é uma trajetória que, além de esforço e dedicação diários, também pode demandar altos recursos financeiros nos gastos com inscrições, viagens e preparação, a exemplo da ginástica rítmica. Para auxiliar os atletas nesse processo de busca das medalhas e títulos para Salvador, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), desenvolve dois programas de incentivo ao esporte: o Bolsa Atleta e o Ajuda de Custo.

Uma das beneficiadas pelo Ajuda de Custo é Keila Vitória, de 16 anos, atleta de ginástica rítmica há oito anos. Recentemente, ela foi à Bulgária, no leste europeu, e participou do Torneio Internacional Nuance, obtendo o 2⁰ lugar nas maças, 3⁰ nos arcos e 3⁰ na bola. Durante sua participação na Diliana Georgieva Cup, Keila Vitória ficou em 1⁰ lugar nas maças e na bola e 1⁰ lugar geral.
 
"Treinar em outro país foi uma experiência maravilhosa, ainda mais em lugar que é um dos berços da ginástica rítmica do mundo, lar de muitas campeãs da modalidade. Poder competir com meninas do mundo inteiro foi uma experiência muito importante para mim. Estou muito feliz por poder representar tão bem nosso país, e poder ainda conquistar vitórias e medalhas", afirma a ginasta.
 
Sobre o apoio da Prefeitura, Keila explica que é mais um incentivo para pôr a mão na massa e poder se concentrar na prática esportiva. "Sem essa ajuda de custo seria praticamente impossível participar de um torneio fora do país por minha conta. É um apoio muito importante, pois dessa forma sou cada vez mais motivada a seguir treinando e competindo", relata.
 
Orgulhosa e grata pelo que a filha conquistou, a dona de casa Maria Helena Santos, de 52 anos, mãe da ginasta, ressalta o esforço e a dedicação da atleta para conquistar seus objetivos. "Essa ajuda de custo chegou em boa hora, e foi muito importante para que ela realizasse um sonho que buscava desde a infância. Com esse incentivo ela já participou de dois torneios na Bulgária, ganhou títulos sul-americanos e brasileiros. É importante ter quem apoie o esporte e ajude a realizar sonhos", completa.
 
Incentivo – Também ginasta, Luiza Marques, de 14 anos, competiu em torneios na Bulgária e em diversos estados brasileiros. "Não teria participado destes torneios sem o apoio da Prefeitura de Salvador. Consegui fazer um bom papel nas competições que disputei, sendo um grande orgulho para meu clube, meu estado e meu país", explica a ginasta, que pratica o esporte desde os seis anos de idade, e que, no país do leste europeu, conquistou medalhas de bronze no arco e ouro nas maças e bolas. No geral, além de bronze no geral e nas bolas, nos três torneios disputados.
 
Para a ginasta Clara Beatriz, de 14 anos, campeã no Pan Americano da Guatemala, ter o apoio da Prefeitura foi fundamental para poder focar nos treinos e se preparar para as competições. "Moro longe do centro de treinamento e, até chegar à seleção, foi muito importante ter esse incentivo do Bolsa Atleta pois, além de treinamento, há o custo de uniformes, aparelhos para treinos, alimentação e suplementos para competir em alto nível. E o incentivo foi determinante para realizar meu sonho".
 
Josiane Coelho, treinadora de ginástica rítmica há quase três décadas, explica o caminho das atletas até chegar às competições internacionais. "É fundamental contar com esse suporte da Prefeitura para nossos atletas. O caminho até se tornar um competidor de alto rendimento é muito longo, pois ninguém chega pronto. E sem esse apoio seria muito difícil igualar esse sucesso. É uma grande satisfação ver esse trabalho dar resultado, principalmente com essas meninas, que abdicam de muita coisa para realizar este grande sonho, pois não se trata de um esporte barato".
 
O diretor de Esporte da Sempre, Felipe Lucas, fala sobre a importância do apoio ao esporte amador em Salvador. "Já temos exemplos positivos de participações e vitórias em vários torneios e em diversas modalidades, no Brasil e no exterior. Nossa satisfação está em ver o quanto significa para essas pessoas a ajuda do município, para que não desistam de seus sonhos e talentos, além do prazer em apoiar o esporte como agente de transformação social com um retorno é muito gratificante".
 
Como funciona – O Bolsa Atleta municipal tem duração de 12 meses de benefício e o valor varia entre R$300 e R$2 mil mensais, a depender da categoria escolhida. Os beneficiários podem utilizar os recursos para aprimorar suas condições de treinamento e desenvolvimento esportivo. A concessão do Bolsa-Atleta Salvador é única por atleta/paratleta, mesmo que participe de outras modalidades esportivas de alta performance.
 
Já o Ajuda de Custo consiste em um apoio financeiro destinado a cobrir as despesas de atletas amadores e profissionais que representam o município de Salvador em competições de alcance nacional e/ou internacional, chegando a até R$ 5 mil para torneios internacionais. Após a solicitação da Ajuda de Custo, é essencial que os atletas estejam atentos ao e-mail, uma vez que todas as comunicações relacionadas ao processo serão realizadas por meio do correio eletrônico da plataforma Salvador Digital. 
 
A Sempre é responsável pelo recrutamento, seleção e ajustes dos contemplados. O processo requer o preenchimento do formulário de inscrição, bem como a apresentação dos documentos indicados no site https://salvadordigital.salvador.ba.gov.br/buscar/q=ajuda

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS