terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Feira de Santana: Após morte, prefeitura declara situação de emergência por chuvas


Feira de Santana: Após morte, prefeitura declara situação de emergência por chuvas
Depois que uma pessoa morreu em decorrência dos transtornos causados pelas fortes chuvas que atingiram o município de Feira de Santana na semana passada , o prefeito Colbert Martins (MDB) declarou situação de emergência na cidade por 90 dias. A medida, que se refere ao volume de chuvas no período entre a última quinta-feira (23) e domingo (26), foi publicada no Diário Oficial da cidade nesta terça (28).


O decreto destaca que esta situação é válida apenas para as áreas comprovadamente afetadas pelas chuvas, que são Campo Limpo, Baraúnas, Gabriela, Pampalona, Cidade Nova, Parque Brasil, Ponto Central, Papagaio, Campo do Gado, Mangabeira, Alto do Papagaio, Queimadinha, Parque Ipê, Loteamento José Ronaldo, Feira X, Viveiros, George Américo, Jardim Cruzeiro, Parque Getúlio Vargas e Pedra do Descanso. A decisão também autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para minimizar os danos à população.

 

Além disso, segundo o portal Acorda Cidade, o prefeito afirmou que vai até Brasília solicitar  a liberação de unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida que estejam vazias para as pessoas que ficaram desabrigadas.

“Estamos oferecendo o máximo possível para evitarmos qualquer tipo de dano maior. Essas famílias estão em casas de outras pessoas, todas já receberam a visita da nossa assistência social e também da defesa civil. Se a gente não conseguiu identificar alguém, peço que essas pessoas entrem em contato através do 156, que a gente está pronto para ajudar da melhor forma possível”, disse Martins. 

De acordo com ele, a prefeitura está oferecendo aluguel social, enxovais e alimentos a cerca de 25 famílias que tiveram casas com problemas grandes. Outras 50 famílias perderam eletrodomésticos e estão com casas rachadas e úmidas, sem condições de habitação

por Ailma Teixeira Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário