sábado, 9 de maio de 2020

PF marca depoimento de Ramagem, Valeixo e Sadi; inquérito apura denúncia feita por Moro


PF marca depoimento de Ramagem, Valeixo e Sadi; inquérito apura denúncia feita por Moro
A Polícia Federal (PF) marcou para a próxima segunda-feira (11) o depoimento de Alexandre Ramagem, do ex-diretor-chefe da corporação, Maurício Valeixo e do ex-superintendente da PF no Rio de Janeiro, Ricardo Sadi, diz O Globo.  As oitivas são relacionado ao inquérito que apura a suposta tentativa de interferência do presidente Jair Bolsonaro na PF. 

Ramagem chegou a nomeado para substituir Maurício Valeixo, cuja demissão do cargo de diretor-geral foi o estopim para o pedido de demissão do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. Moro foi o responsável pela denúncia contra o presidente da República. 


Bolsonaro recuou da nomeação de Ramagem após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, barrar a indicação, apontando desvio de finalidade no ato devido à proximidade de Ramagem com Bolsonaro e seus filhos.


Ramagem e Saadi devem ser ouvidos na PF em Brasília, enquanto Valeixo será ouvido em Curitiba, onde está passando férias. Procuradores da equipe do procurador-geral da República Augusto Aras também devem participar dos depoimentos. Os investigadores querem saber se os delegados presenciaram as tentativas de Bolsonaro interferir na PF e sabem quais os interesses do presidente na corporação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário