quinta-feira, 26 de novembro de 2020

SAJ: Mulher que matou vendedor de rifa no bairro São Paulo é presa, diz delegado

                               

A mulher que matou o vendedor de rifa Jorge Amaral, no bairro São Paulo, em Santo Antônio de Jesus, foi presa pela Polícia Civil nesta quinta-feira (26). O crime aconteceu dia 16 de novembro.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos, o delegado Dr. Adilson Bezerra informou que a polícia colheu as provas e fez o pedido de representação da autora do crime em 10 dias. “O inquérito policial já foi concluído e remetido à justiça”, acrescentou.

Segundo informações do delegado, Jorge morreu por causa de um bilhete de rifa sorteado que não havia sido pago . “O prêmio seria uma moto Honda ou o valor de R$ 9 mil. Ele disse que não iria entregar o prêmio, pois não tinha recebido o dinheiro. As garotas insistiram, mas ele não efetuou o pagamento. Até que segunda-feira (16), as duas garotas foram lá com o possível ganhador para cobrar, ele não pagou, e uma das garotas sacou o revólver e efetuou o disparo no rosto da vítima, e depois efetuou mais dois disparos para ter certeza que teria ceifado a vida da vítima”, detalhou.

Dr. Adilson Bezerra relatou ainda que a mulher se apresentou à delegacia com advogado e no dia seguinte o decreto prisional saiu. “Ela que efetuou o disparo ratificou por diversas vezes que a amiga dela e o suposto vencedor do bilhete não sabiam que ela estava com a arma, nem que planejava matá-lo”.


Blog do Valente 

Nenhum comentário:

Postar um comentário